Cantor do BTS desabafa sobre a tristeza por não poder fazer shows

O grupo se preparava para sair em turnê quando a pandemia começou

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

BTS estampou a capa de uma edição especial da Rolling Stone norte-americana e, ao longo da semana, serão divulgadas entrevistas individuais de cada integrante. Neste domingo (16), chegou a vez de Jin. Um dos assuntos discutidos pelo astro sul-coreano foi a falta de shows do grupo no último ano.

O último show do BTS acontece em 29 de Outubro de 2019 em Seul, onde os meninos se apresentaram para milhares de ARMYs no final da turnê “Love Yourself: Speak Yourself“. O grupo se preparava para a próxima turnê mundial em Abril de 2020, mas foram impedidos por conta da pandemia. No final daquele mês, eles anunciaram o adiamento da turnê “Map of the Soul” por tempo indeterminado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando questionado se sentia a dor de não estar em turnê, Jin revelou à Rolling Stone: “Não só eu, mas outros membros sentiram realmente isso”. Ele diz que todos os meninos sentiram “uma sensação de perda, uma sensação de impotência” quando não puderam encontrar ARMYs em shows no ano passado. Segundo ele, o BTS demorou um tempo para conseguir superar a tristeza.

Jin posa para a Rolling Stone (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Chocante! Veja as fotos mais raras de Nicki Minaj antes de fama

Como muitos fãs devem saber, em dezembro de 2020, Jin lançou uma música solo para comemorar o seu aniversário, chamada “Abyss” – (“Abismo”, em português). Na entrevista, Jin explicou que o título da canção reflete realmente os seus sentimentos de “tristeza e desânimo” por conta da pandemia. “Me sentia muito pra baixo, no abismo, quando estava escrevendo a letra”, explicou Jin, continuando a revelar que o processo de gravação da canção ajudou a aliviar essas emoções.

Mas Jin também conseguiu encontrar alguns lados positivos no período em isolamento. “Quando estávamos em turnê”, começou ele, “não havia tempo para refletir sobre mim e descobrir o que me dá alegria, o que me faz relaxar”.

O astro diz que estar fora de turnê durante a pandemia deu uma oportunidade de finalmente pensar sobre “o que eu quero, quem eu sou, e aprender a amar a mim mesmo”. Além disso, Jin explicou que consegue dormir mais, jogar videogames, ver filmes, cantar, e até descobriu que adora fazer exercícios. “Isso me deixa muito mais satisfeito”, concluiu ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio