O cantor maranhense Manoel Gomes (Reprodução: Internet)

Manoel Gomes, o nome por trás do hit viral “Caneta Azul“, que explodiu no Brasil nos últimos meses e chega a ganhar um bom cachê por show, viu sua live ser excluída do Youtube.

O cantor realizou uma live no dia 31 de maio, em seu canal do YouTube, e mais de 2,6 milhões de pessoas assistiram seu show, que contou com participação especial do humorista Tirulipa.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

No entanto, Manoel teve sua transmissão removida do YouTube sem explicação. Em vídeo, o cantor, que foi alvo de maldades na internet, desabafou e afirmou que a live não foi monetizada: “No dia da transmissão fizeram muitas maldades comigo. Coisas que jamais fiz com alguém. Criaram páginas falsas em várias plataformas transmitindo minha live e eu não pude fazer nada.”

Desesperado, o maranhense utilizou suas redes sociais para fazer um apelo aos fãs, afirmando que não sabia os motivos da live “Caneta Azul” ter sido retirada do ar, além de se dizer muito triste e abalado com a situação. O show online teve um sucesso absurdo, e inesperado. A live teve mais de 4 horas de duração. Emocionado, o cantor publicou um vídeo logo após a transmissão, agradecendo o carinho dos fãs.

Após uma série de apelos e desabafos na internet, Manoel Gomes foi surpreendido com a notícia de que sua live voltou ao ar, após ações de seus advogados. O empresário do cantor gravou sua reação ao descobrir, em primeira mão, a volta da transmissão. Transbordando felicidade e gratidão, Manoel cantou um trecho de “Caneta Azul” para comemorar e ofereceu a todos os fãs que o apoiaram e abraçaram sua causa.