Zé Vaqueiro acusou o cantor empresariado por Gusttavo Lima, Jonas Esticado, de plágio pelo sucesso ‘Investe em Mim’.

O cantor afirma que ele é o autor e compositor da música que está no topo das paradas do país.

Em um vídeo postado nas redes sociais, ele conta que seus vídeos cantando a música foram até excluídos do Youtube.

VEJA TAMBÉM: Revelado! Saiba qual o sexo do bebê de Lucas Lucco e Lorena Carvalho

O cantor Jonas Esticado já era um grande fenômeno no Nordeste, porém a canção em questão rompeu a barreira regional e conquistou o topo do Spotify após ele entrar para o escritório Balada Music, gerenciado por Gusttavo Lima.

“A pessoa que diz que me ajudou, que queria me ajudar, que deu a mão pra me ajudar… acabou passando a rasteira em mim”, disse Zé Vaqueiro.

E continuou: “Me excluiu de tudo. A música ‘Investe em Mim’ é uma música que eu nunca quis vender, sempre fui contra vender… e nem vendi, na verdade. Mas a música foi tomada”.

Zé ainda contou que houve uma época que ele não reclamava disso, pois sua agenda estava cheia: “A música ‘Investe em Mim’ me deu uma casa, me deu um carro. Meu objetivo era mudar de vida e eu mudei. O Jonas teve os objetivos dele, então, quem sou eu pra destruir os sonhos de alguém?”

“Eu via nos olhos do Jonas que o desejo dele era virar nacional, chegar nos grandes, no alto nível. E se a música proporcionou isso a ele, pra ele se realizar, quem sou eu pra impedir? Se eu já consegui tudo que queria e sonhei, quem sou eu pra destruir o caminho do próximo?”, disse.

Ele ainda finalizou dizendo que está feliz pelo colega ter levado a música a nível nacional e chegado ao topo.

Atualmente, a música na voz de Esticado conta com mais de 60 milhões de reproduções no Spotify e 100 milhões no Youtube.