Bryan Adams
O cantor canadense Bryan Adams (FOTO: Reprodução)

O astro canadense Bryan Adams causou polêmica nas redes sociais ao responsabilizar a China pela origem da pandemia de Covid-19. Indignado com a paralisação do mercado musical, o cantor, que daria início a uma série de shows em Londres nesta semana, revelou através de um vídeo musical publicado no Instagram.

“Hoje devia começar uma residência no Royal Albert Hall, mas graças a uns merdas que comem morcego e vendem carne fresca de animais e bastardos gananciosos que fazem vírus, o mundo está todo parado. Isso tudo sem falar das milhares de pessoas que sofreram ou morreram desse vírus”. O artista também deixou um conselho sobre estilo de vida ao seus seguidores: “Sejam veganos”.

A origem do novo coronavírus ainda vem sendo estudada, mas algumas evidências apontam que a transmissão da covid-19 acabou acontecendo após ingestão de morcegos nos mercados de carne silvestre da região chinesa de Wuhan. Bryan Adams acabou dividindo opiniões com sua mensagem gerando uma série de comentários de vozes dissonantes em sua publicação.

Antes do cantor canadense, outras lendas do rock mundial como o guitarrista Bryan May e a estrela britânica Paul McCartney já haviam se manifestado sobre a ligação da doença ao consumo de carne. O guitarrista do Queen, contou numa recente entrevista para a NME que a atual pandemia de COVID-19 poderia ser uma oportunidade para a humanidade reavaliar o tratamento dado aos animais e defendeu o veganismo. Já Paul McCartney, falou com o radialista norte-americano Howard Stern, que espera que o governo da China reconsidere o hábito dos seus cidadãos. “Convenhamos, é um bocado medieval comer morcegos”, comentou.

VEJA TAMBÉM: Filho de Carla Perez e Xanddy se torna um homem lindo e rouba a cena no Instagram