O cantor sertanejo Diego Souza Sá (FOTO: Reprodução)

Na tarde da última terça-feira (13), aconteceu uma tragédia em Goiânia. O cantor sertanejo e sanfoneiro Diego Souza Sá, de 29 anos, morreu ao levar um tiro dentro de um lava a jato na Avenida 11ª, no Setor Vila Nova.

O tiro, investigado como acidental, acertou a vítima no olho. O autor do disparo é o dono do estabelecimento, um homem de 37 anos, que segue foragido.

O Splash conversou com Adilson, homem qual Diego fazia dupla. “Ele era um cara excepcional, muito humilde, todo mundo gostava dele.”

View this post on Instagram

Quando nois entoa nois Faz umas moda boa..

A post shared by Diego Sá (@diegosacantor) on

VEJA TAMBÉM: Além de Caetano Veloso, Chico Buarque também revela apoio a Boulos

Diego Souza Sá não tinha o desejo de cantar ao lado de algum artista famoso, Adilson diz que o sonho dele era apenas crescer na música. Diego deixa sua mulher, Neide Sá, e uma filha de dois anos. O casal completou seis anos de união neste ano.

View this post on Instagram

Amo minhas garotas!!♥️♥️ #familia

A post shared by Diego Sá (@diegosacantor) on