Cantor sertanejo de 28 anos morre devido ao Covid-19 e por falta de UTI

Diego Argenton faleceu aos 28 anos devido o Covid-19

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta semana, mais um artista morreu devido ao Covid-19, o cantor Diego Argenton faleceu aos 28 anos. 

O cantor paranaense vivia na cidade de Assis Chateaubriand, a 574 quilômetros de Curitiba. Ele precisou de um leito de UTI, após contrair o coronavírus, mas não conseguiu a tempo e acabou falecendo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo informações da família do músico, no mesmo dia que ele faleceu, descobriu que tinha diabetes. Diego teve como sintomas falta de ar, fadiga e também vomitava a cada vez que fazia uma refeição.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira

Diego chegou a ir em médicos, contam os parentes do músico, ele chegou a receber medicamentos, porém não foi diagnosticado como portador de diabetes. Com a medicação não fazendo efeito, sua família achou  melhor internar ele.

A família teve que ir para outra cidade, pois onde moram não havia vaga disponível na UTI. Eles procuraram por vagas por horas, e encontraram um leito em Toledo. Porém, infelizmente a transferência não aconteceu a tempo.

Nas redes sociais, diversos internautas lamentaram a morte de Diego Argenton. “Meus sentimentos“, disse uma. “Que tristeza!“, lamentou outra internauta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio