(FOTO: Reprodução)

Um cantor sertanejo morreu na cidade de Barra do Garças, interior de Mato Grosso, depois de ser diagnosticado com o novo coronavírus, de acordo com informações do site local Reporter MT. Leozimar Rodrigues Cavalcante, 37 anos, era famoso na região pelo nome de Léo Marrone, por sua semelhança física com o próprio Marrone, da dupla com Bruno, e também por cantar de maneira parecida com a dupla.

O músico foi diagnosticado com Covid-19 e deu entrada no Pronto Socorro da cidade no dia 6 de julho. Dois dias depois, o quadro de saúde do músico apresentou piora e Leozimar teve que ser levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) numa unidade hospitalar. O músico era portador de diabetes. Na madrugada de domingo (dia 12), Léo Marrone acabou não resistindo às complicações da doença e veio a óbito.

LEIA TAMBÉM: Sósia de Adele gasta fortuna para ficar magra como a cantora

De acordo com o Repórter MT, a morte de Leozimar aconteceu num momento delicado em que os familiares já estavam enfrentando contratempos por causa do vírus. O sogro e a sogra do sertanejo também contraíram a Covid-19 e acabaram falecendo recentemente por causa doença. A esposa de Léo Marrone também chegou a ser contaminada e segue internada num hospital da cidade tratando a doença.

A mulher acabou sendo sedada depois que recebeu a notícia de que o marido morreu, dias depois da perda dos pais. Amigos do músico, que tinha bastante fãs na cidade Barra do Garças, usaram as redes sociais para fazer homenagens a Leozimar.