Cantora famosa diz: ‘Gravadora de Marilyn Manson deveria tê-lo abandonado anos atrás’

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Phoebe Bridgers, criticou a gravadora de Marilyn Manson por apenas abandonar o cantor depois que as acusações de abuso contra ele foram tornadas públicas.

A artista admitiu que deixou de ser fã do músico depois de visitar sua casa e ver sua “quarto de estupro“, alegou em vários tweets que o comportamento de Manson foi esquecido por sua gravadora, banda e empresário.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E em uma entrevista à CNN, Bridgers criticou a gravadora de Manson, Loma Vista, por apenas cortar os laços com o cantor após Evan Rachel Wood e três outras mulheres o acusarem de abuso sexual.

LEIA TAMBÉM: Compositor critica arrogância de Gusttavo Lima após ficar milionário com hit do cantor

Acho muito engraçado que a gravadora de Marilyn Manson tenha decidido abandoná-lo bem quando a história se tornou pública, e as pessoas sabem disso há tanto tempo. Acho isso muito irritante. Acho que é muito ativismo performativo, basicamente“, ela suspirou.

Eu acho que as pessoas deveriam assumir mais responsabilidade internamente. Não importa quantas pessoas saibam sobre isso. Você deve olhar para as coisas como se fosse o FBI. Mas quando as pessoas ganham dinheiro é muito difícil – eu sei – é muito difícil fugir disso. Mas acho que mais pessoas deveriam.”

Ele emitiu uma declaração negando as acusações de abuso contra ele, escrevendo no Instagram: “Obviamente, minha arte e minha vida sempre foram ímãs de controvérsia, mas essas afirmações recentes sobre mim são horríveis distorções da realidade. Meus relacionamentos íntimos sempre foram inteiramente consensual com parceiros que pensam da mesma forma. Independentemente de como – e por quê – os outros agora estão optando por representar o passado de maneira incorreta, essa é a verdade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio