patricia e adriana
A dupla sertaneja Patrícia e Adriana (FOTO: Reprodução)

A cantora Adriana Regina, da dupla sertaneja Patrícia e Adriana, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil, denunciando ter sido agredida e ter seu carro destruído pelo ex-namorado, de 29 anos, na cidade de Campo Grande. O acusado, porém, também procurou a polícia e fez um outro boletim de ocorrência, onde afirma que foi atropelado, prensado numa parede e agredido com um facão por familiares da cantora. 

De acordo com informado na denúncia da cantora, em registro feito na Delegacia de Atendimento Especializado de Atendimento à Mulher (Deam), Adriana rompeu sua relação há dois meses por causa dos ciúmes do rapaz e, desde então, passou a ser perseguida por ele.

Ainda segundo o registro, na última terça-feira (13), o ex-namorado teria ido até a residência dela, invadido e começado a vasculhar o local. Ao ser flagrado por ela, a agrediu com um chute, momento em que ela se trancou no banheiro e chamou a Polícia Militar. Então o rapaz lhe ameaçou, quebrou o carro e foi embora.

VEJA TAMBÉM: Cantor pede ajuda após permanecer com o pênis ereto por duas semanas

Os irmãos da cantora teriam ido cobrar a dívida pelo conserto do veículo e acabaram foram agredidos pelo rapaz, em frente à casa da mãe dele. O suspeito postou fotos nas redes sociais, de um ferimento no cotovelo que declara ter sido causado por um golpe de facão dado pelos irmãos da cantora no momento em que eles foram cobrar a dívida pelo conserto do automóvel.

O ex-namorado afirma ainda que foi atropelado e prensado numa parede com um veículo. Por causa do ferimento, o ex-namorado ficou três dias internado na Santa Casa de Campo Grande, de onde recebeu alta médica no último sábado (dia 17).