Cardi B manda mensagem para garotinha que remixou sua música para vender cookies

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma escoteira muito esperta acertou em cheio em sua estratégia de marketing para vender cookies. A jovem decidiu remixar uma canção da rapper Cardi B e a nova versão acabou fazendo grande sucesso na web. A conta oficial no Twitter da organização juvenil compartilhou um vídeo da escoteira mirim remixando a música “Money”, em uma delicada versão.

Como visto no clipe abaixo, Kiki Paschall, de 10 anos, está em meio a vários cookies cantando experiências sobre sua vida. “Estive neste jogo desde 2014, vendendo biscoitos é a minha coisa”, ela canta. “Compre Mints finos ou mesmo S’mores. Por favor, abra quando eu bater em sua porta. Woo!”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Shawn Mendes e Miley Cyrus lançarão música juntos no Grammy Awards

A mãe de Kiki que lhe ajudou a escrever e filmar o vídeo deu uma entrevista ao Good Morning America onde comentou o entusiasmo da sua filha com a produção. “Eu não tenho um trabalho regular das 09-às-17, então eu não posso vender biscoitos no escritório. Eu disse: ‘Você gosta de fazer isso de qualquer maneira, então vamos fazer um videoclipe”, disse ela.

Com a grande repercussão, até mesmo Cardi B mandou uma mensagem apoiando o projeto de Kiki. “Eu quero todos os cookies”, escreveu Cardi B em resposta ao clipe da jovem garota.

Cardi B teria recusado se apresentar com Maroon 5 no intervalo do Super Bowl

Recentemente a revista US Weekly divulgou que Rihanna teria recusado se apresentar no prestigiado intervalo do Super Bowl. A recusa da cantora teria relação com o jogador Colin Kaepernick, que recentemente foi banido da NFL (liga de futebol americana) após um protesto contra a violência policial e o racismo em seu país. 

Agora, faltando poucas semanas para o evento esportivo e com o Maroon 5 confirmado como atração principal, a banda vem enfrentando problemas pra conseguir participações especiais em sua apresentação no evento.

Segundo a US Magazine, Adam Levine e seus colegas de banda esperavam que Cardi B se juntasse a eles para uma participação do hit mundial “Girls Like You”. Porem, uma fonte próxima à organização do evento teria afirmado que a rapper se recusou veementemente a participar do evento em apoio a Colin Kaepernick.

Vale lembrar que em fevereiro de 2018, a rapper já havia recusado a proposta de subir ao palco como atração principal do evento, fazendo com que os produtores tivessem que buscar outros nomes. Em 2017, durante o VMA, a rapper também protestou a favor do atleta, relembre abaixo.

https://youtu.be/F6bYuE4ic-M

“Colin Kaepernick, contanto que você se ajoelhe conosco, nós estaremos de pé para você, baby. É isso mesmo, eu disse” afirmou a rapper.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio