Cardi B revela que clipe de “Bodak Yellow” custou quase R$ 80 mil

Clipe alcançou a marca de 1 bilhão de visualizações no YouTube

Publicado em 2/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cardi B está em festa! Seu videoclipe da faixa “Bodak Yellow” já atingiu 1 bilhão de visualizações no YouTube, e a rapper tem todos os motivos para comemorar. Ao falar sobre a conquista no Twitter, ela revelou quanto o registro audiovisual custou.

O vídeo, que Cardi revelou que custou apenas 15.000 dólares (cerca de R$ 77.640) para ser feito, é seu terceiro clipe a atingir o marco – seguindo “Girls Like You”, com Maroon 5, e “I Like It”, parceria com Bad Bunny e J Balvin. Como a Billboard mostra, todas as três faixas chegaram a conquistar o topo da parada Hot 100.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Reagindo à notícia de seu videoclipe de 2017 entrando para o time do bilhão, Cardi escreveu no Twitter que o marco é “super legal” e ela está focada em “voltar ao laboratório”.

“Quinze mil dólares, um bilhão de visualizações depois !!!!! Uau, isso é loucura! Super legal”, Cardi escreveu, nesta segunda-feira (2). “Obrigada a todos por todo o apoio ao longo dos anos… .. De volta ao laboratório. Amo e aprecio vocês.”

Relembre o clipe de “Bodak Yellow”:

Cardi B se irrita e não irá mais divulgar feat com Normani

Há alguns dias, Normani e Cardi B lançaram o hit ‘Wild Side’. Contudo, alguns internautas criticaram a participação, dizendo que a rapper, que está grávida, deveria vir em um remix e não na versão original da música.

Com isso, Cardi se enfureceu e disse que não irá mais promover a faixa (o tuíte foi apagado em seguida): “Bem, deste dia em diante eu não irei promover ou falar sobre a música e falarei ao time da Normani para lançar uma versão sem meus vocais. YAY agora seu desejo se tornou realidade… Tenham certeza que irão dar streaming! Não me façam fazer ligações sem razão nenhuma!” Reclamou.

Cardi B também falou das pessoas que só criticam mas não ajuda em nada as faixas subirem nas plataformas: “As pessoas que dizem essa m*rda são as mesmas que não compram nada, não pedem nas rádios, não dão streaming, não adicionam valor ou números à música, mas opiniões no Twitter por um tweet de sucesso porque odeiam, mas continham acompanhando a Cardi porque tá na moda”, escreveu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio