taylor swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

Parece que, mesmo com dos um elencos mais prestigiados da história do cinema – com Idris Elba, Judi Dench, Ian McKellen e Jennifer Hudson – o filme ‘Cats’ não foi uma boa ideia.

Desde o momento de divulgação do primeiro trailer da adaptação fílmica do clássico da Broadway, os críticos já pareciam dispostos a massacrar o filme.

Nesta semana, os portais de cinema estadunidenses foram autorizados a revelar suas opiniões sobre o filme – que tem estreia prevista para 25 de dezembro no Brasil – e podemos ver, pelos adjetivos muito pesados divulgados nos artigos e nas redes sociais, que o filme foi frustrante.

O filme chegou ao Rotten Tomates com apenas 8% de aprovação, e mesmo subindo para 16% ao longo do dia, não conseguiu evitar uma das piores avaliações do ano.

Vale lembrar que na última segunda-feira (dia 16) o Oscar divulgou as Shortlists para a edição de 2020 (espécie de peneira de todos os concorrentes elegíveis de todas as categorias). Uma falta sentida foi Taylor Swift, que poderia ser indicada pela canção “Beautiful Ghosts”, escrita para a versão cinematográfica de “Cats”, mas a faixa acabou ficando de fora da lista.

Taylor Swift integra o prestigiado elenco do filme ao lado dos também cantores Jason Derulo, Jennifer Hudson, além dos gêmeos bailarinos Les Twins, conhecidos por integrarem a equipe de dança de Beyoncé. Confira algumas das críticas negativas sobre o filme abaixo:

“Existe uma linha tênue entre a idiotice e a genialidade, e ‘Cats’ vomita uma bola de pêlo e esfrega sua bunda por toda [essa linha]” – SlashFilm

“Milhões de dólares e milhares de horas foram investidos para fazer os gatos de ‘Cats’ parecerem mutantes da ‘Ilha do Dr. Moreau'” – AV Club

“A interpretação estranhamente brega do [diretor] Tom Hooper parece destinada a se tornar um daqueles constrangimentos que acontecem uma vez na vida e que estragam os currículos de grandes atores e atrasam as carreiras de aspirantes promissores” – Variety

“Vocês testemunharão coisas que nenhum olho deveria ver e coisas que ninguém deveria ser capaz de fazer, e você ficará admirado” – io9

“Não se conseguiu nada transformando ‘Cats’ em um experimento extravagante de computação gráfica, e quase tudo está perdido” – Vanity Fair

“Pode-se escrever uma tese de doutorado sobre como essa falha conseguiu existir, embora não haja nada de novo na escolha energética do mau gosto” – New York Times

“‘Cats’ é um delírio, uma alucinação, uma aproximação do que aconteceria se o seu terceiro olho realmente se abrisse e você pudesse subitamente ver o plano astral” – Polygon

“Eu achei tudo exaustivo” – Hollywood Reporter