celine-dion-2
A cantora canadense Céline Dion (FOTO: Reprodução)

A canadense Celine Dion usou as redes sociais para lamentar  a determinação da Justiça da Califórnia após perder um processo para Rob Prinz, empresário responsável por sua carreira ao longo dos últimos anos.

A California Labour Comission, comissão responsável pela legislação trabalhista do estado da Califórnia, determinou que ela pagasse no mínimo US$ 50 milhões, mais de 265 milhões, para seu ex-empresário.

No comunicado, Celine Dion afirmou: “Paguei ao Sr. Prinz muitos milhões de dólares ao longo dos anos. Quando tudo isso teve início, a minha equipe pagou a ele generosamente muito referente aos anos que viriam, mesmo que estivessemos encerrando o nosso contrato e não fossemos renovar. Não estou dizendo que o Sr. Prinz não fez nada, mas ele está recebendo muito mais crédito pela minha carreira do que merece”.

Ela também denunciou que o ex-agente está levando créditos por funções exercidas por seu falecido marido, René Angélil, quando ainda era vivo.

F5 - Música - Céline Dion diz que aperta as 'mãos do marido', morto há dois  anos, antes de shows - 07/02/2018
Foto: Reprodução

VEJA TAMBÉM: Assim como Billie Eilish, veja 10 cantoras que chocaram ao mostrar seus “corpos reais”

“Quando o René estava vivo, era ele que cuidava dos meus negócios e sempre foi justo com todos com quem trabalhava, me ensinando a fazer o mesmo. Como ele não estava aqui para esse processo, sinto que o Sr. Prinz se aproveitou em sua demanda por dinheiro e de informações confidenciais dos meus contratos. Eu me sinto traída”, lamentou a canadense.

Os representantes legais de Dion pretendem apelar da decisão da comissão: “Com todo respeito ao trabalho da comissão, entendemos que eles falharam nessa decisão. […] Vamos apelar da decisão e queremos que um júri decida o que é certo”.