charlie puth mac miller

Charlie Puth declarou que tentou ajudar Mac Miller a ficar sóbrio depois que eles se tornaram bons amigos. O rapper de 26 anos faleceu na sexta-feira (dia 7), em sua casa em San Fernando Valley. Apesar das suspeitas serem de uma possível overdose, nenhuma causa oficial de morte foi confirmada até o momento.

“Eu o conhecia por cerca de seis meses, mas nos tornamos muito próximos, bons amigos e eu sempre pensei que seria aquele que o ajudaria a se desintoxicar e o conduziria ao caminho de uma boa vida, uma vida sóbria”, afirmou Puth ao E! News. “Nós nos falávamos quase todo dia e eu não costumo ter amigos que entram na minha vida de forma tão rápida”.

VEJA TAMBÉM: Último parceiro de Mr. Catra comenta clipe inédito do funkeiro

Charlie também explicou a razão de ele ter enviado uma mensagem de texto para Mac Miller depois da morte do rapper. “Toda vez que alguém perto de mim morre, eu sempre envio mensagens de texto para o celular e não sei por que faço isso com frequência. Eu acabei de escrever ‘Eu amo você cara’ e sabia que ele não ia escrever de volta, mas eu senti que tinha que fazer isso de qualquer maneira.”

Charlie Puth ainda afirmou que o corpo de Mac Miller pode até ter deixado o mundo mas “sua alma e espírito continuam em tantas pessoas e em mim. Ele era único, não havia ninguém como o Mac”. Vale lembrar que no dia da morte do rapper, o cantor havia tuitado o seguinte:

“Eu não posso continuar perdendo amigos assim. Eu queria que tivesse passado mais tempo contigo nessas últimas semanas. Eu sinto muito. Descanse em paz, Mac. Você escreveu a trilha sonora dos meus anos na faculdade e eu sou muito grato por ter te conhecido. Isso é uma droga, isso realmente é uma droga.”

A mãe de Mac Miller também se manifestou postando uma foto ao lado do filho em seu Instagram.