cher
A cantora norte-americana Cher (FOTO: Reprodução)

Tina Turner relatou em sua biografia “Tina Turner – Minha História de Amor”, lançado em 2018, que Cher e David Bowie a salvaram da falência. A famosa ficou praticamente sem nada quando decidiu terminar seu casamento abusivo com Ike Turner, abrindo mão da maior parte de sua fortuna, seu estúdio de gravação e também se responsabilizando por dívidas do casal, que até gerou o cancelamento de uma turnê por conta da separação.

Na época, nenhum produtor de TV tinha interesse nela como artista solo – até que ela se juntou à Cher, que também teve problemas parecidos após o término de seu casamento com Sonny Bono. “Trabalhar com a Cher foi muito divertido”, disse. “Cada vez que eu ia lá, ela brincava que a equipe tinha que se preparar para o Furacão Tina”.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Cher ajudou Tina a se fortalecer como artista solo, abrindo espaço para a amiga em seu próprio programa de TV no fim da década de 70, foi assim que Tina começou a voltar aos palcos, pagando suas dívidas com credores da turnê cancelada com o ex-marido.

Cher e Tina Turner (Foto: Reprodução/Internet)

No entanto, em 1983, Tina permanecia sem contrato com uma gravadora até que David Bowie falou para seus empresários e gerentes que não iria à comemoração de lançamento de seu disco Let’s Dance porque tinha ingressos para ver Tina Turner, sua cantora preferida, ao vivo. Rapidamente os ingressos para o show esgotaram e, após um show completamente lotado, Tina conseguiu um contrato com gravadoras nos Estados Unidos e Reino Unido.