Cher gera polêmica ao comentar caso de cidadão negro que foi morto pela polícia

A cantora foi acusada de querer ser uma “salvadora branca”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cher recebeu uma enxurrada de críticas dos internautas após publicar que poderia ter “salvado” George Floyd. O ex-segurança negro morreu após ter o pescoço prensado pelo joelho de um policial em maio de 2020. Na época, o vídeo do incidente causou uma onda de indignação e deu origem ao movimento Black Lives Matter.

Na última sexta-feira (2), a cantora fez uma publicação dizendo que estava assistindo ao julgamento de Derek Chauvin, ex-policial acusado de assassinar Floyd.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Estava conversando com a mamãe e ela disse ‘assisti ao julgamento do policial que matou George Floyd, e chorei. Eu disse ‘mãe, eu sei que isso vai parecer LOUCO, mas… eu comecei a pensar… Talvez se eu tivesse estado lá… eu poderia ter ajudado”, escreveu a estrela no Twitter.

(FOTO: Reprodução)

Mas o comentário de Cher não caiu nada bem. Os internautas acusaram a artista de querer ser uma “salvadora branca” e tentar tornar o assassinato de George Floyd algo sobre ela.

No sábado (3), a cantora voltou à rede social para se pronunciar sobre a controvérsia: “Tive dificuldades com este tuíte, porque pensei que algumas pessoas não entenderiam, ou acreditariam que uma celebridade poderia ter emoções honestas sobre um ser humano, sofrendo e morrendo, mesmo que seja apenas mostrando na TV. Vocês não sabem o que eu tenho feito, quem eu sou ou no que eu acredito. POSSO, TENHO [ajudado] e VOU… AJUDAR”, escreveu ela.

Contudo, horas depois, Cher postou um pedido de desculpas a qualquer um na comunidade negra que tenha se sentido magoado. “Acabei de falar no telefone com minha amiga Karen. Disse a ela o que aconteceu e percebi que você pode irritar as pessoas e magoá-las por não saber tudo o que ‘NÃO é apropriado’ dizer. Eu sei que as pessoas se desculpam quando estão em alguma polêmica, MAS, POR DEUS, VERDADEIRAMENTE LAMENTO se eu magoei alguém na comunidade negra. Eu conheço meu coração“, declarou ela.

VEJA MAIS: Gay? Fiuk do BBB revela que integrante do One Direction flertou com ele

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio