BTS
O septeto sul-coreano BTS (FOTO: Reprodução)

Devido à pandemia de coronavírus, os shows estão suspensos por tempo indeterminado, com isso as transmissões ao vivo se tornaram um sucesso entre artistas no mundo todo. O grupo BTS superou expectativas como esse tipo de apresentação, mantendo sua conexão com os fãs e provando o quanto transmissões online podem ser rentável para os artistas.

De acordo com informações de Ethan Millman, da Rolling Stone EUA, a live paga Bang Bang Con do grupo de k-pop reuniu cerca de 756 mil pessoas, um recorde para um evento do tipo com cobrança de ingresso, de acordo com a gravadora Big Hit Entertainment. Os ingressos custava US$ 35 para cada fã, aproximadamente R$ 184.

VEJA TAMBÉM: Após ser chamada de cobra por Ludmilla, fãs de Anitta contra-atacam e pedem “ajuda” de Cardi B

Com a cobrança da live, o BTS arrecadou mais de US$ 19 milhões no evento realizado no último domingo, (14). Para fazer uma comparação, a turnê Divide Tour, de Ed Sheeran, acumulou aproximadamente US$ 3 milhões por show. Uma única apresentação virtual do BTS arrecadou o equivalente a 40 shows de Sheeran, com “despesas muito menores do que uma turnê tradicional” e, consequentemente, maior lucro, aponta o artigo.