Com “Red”, Taylor Swift iguala marca de Ariana Grande no Spotify

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O disco Red de Taylor Swift acaba de ultrapassar a marca de 2 bilhões de execuções no Spotify. Agora, a cantora de 31 anos se iguala à Ariana Grande como as únicas mulheres com 5 álbuns com 2 bilhões de plays na plataforma digital.

Antes de Red, os discos de Taylor que conseguiram alcançar a marca foram: folklore, Lover, 1989 e reputation. Já os álbuns de Ariana Grande a baterem a marca são My Everything, Dangerous Woman, Sweetener, thank u, next e o recentemente lançado positions. A expectativa é que o cenário da disputa fique ainda mais acirrado com os relançamentos de álbuns de Taylor Swift, podendo aumentar exponencialmente a audiência da loira nas plataformas digitais.

Taylor Swift anuncia relançamento de Red com 30 músicas

Ao contrário do que alguns fãs esperavam, Taylor Swift anunciou que o próximo álbum regravado que lançará será o “Red” e não como o 1989 como muitos desconfiavam. Confira abaixo a mensagem da cantora publicada em seu Instagram nesta sexta (dia 18).

“Sempre disse que o mundo é um lugar diferente para quem está com o coração partido. Ele se move em um eixo diferente, em uma velocidade diferente. O tempo salta para trás e para a frente fugazmente. O coração partido pode passar por milhares de microemoções por dia tentando descobrir como passar por isso sem pegar o telefone para ouvir aquela velha voz familiar. Na terra do coração partido, momentos de força, independência e rebelião despreocupada são intrinsecamente entrelaçados com tristeza, vulnerabilidade paralisante e desesperança. Imaginar seu futuro pode sempre levá-lo a um desvio de volta ao passado. E tudo isso para dizer que o próximo álbum que estarei lançando é a minha versão do Red“, declara Taylor Swift.

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

Musicalmente e liricamente, Red parecia uma pessoa com o coração partido. Estava em todo lugar, um mosaico fragmentado de sentimentos que de alguma forma todos se encaixaram no final. Feliz, livre, confuso, solitário, devastado, eufórico, selvagem e torturado por memórias do passado. Como experimentar peças de uma nova vida, entrei no estúdio e experimentei diferentes sons e colaboradores. E não tenho certeza se foi derramar meus pensamentos neste álbum, ouvir milhares de suas vozes cantando as letras de volta para mim em solidariedade apaixonada, ou se foi simplesmente o tempo, mas algo foi curado ao longo do caminho.

Às vezes você precisa conversar sobre isso (indefinidamente) para que realmente … acabe. Como seu amigo que liga para você no meio da noite falando sem parar sobre o ex deles, eu simplesmente não conseguia parar de escrever. Esta será a primeira vez que você ouvirá todas as 30 músicas que deveriam ir para o Red. E ei, uma delas tem até dez minutos de duração”.

Red (versão de Taylor Swift) será lançado em 19 de novembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio