Como Michael Jackson reagiu quando a filha ‘se apaixonou’ por uma mulher

Publicado em 6/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Jackson era tido como ‘diferentão’ quando o assunto era a criação de seus filhos. Mas Paris Jackson, fruto de um relacionamento do Rei do Pop com a enfermeira Debbie Rowe, tem boas memórias do ambiente familiar ao lado do lendário astro.

Como lembra o site Aventura na História, em  janeiro de 2017, Paris teve uma conversa extensa com a revista norte-americana Rolling Stone. Na ocasião, a jovem revelou que faz parte da comunidade LGBT e afirmou que o pai era tolerante no ambiente familiar, sabendo lidar quando as primeiras descobertas da garota aconteciam.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paris Jackson (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

“O meu pai me criou em um ambiente de mente aberta. Eu tinha oito anos quando me apaixonei por uma mulher numa capa de revista. Em vez de gritar comigo, como a maioria dos pais homofóbicos, ele brincou: ‘Ah, você arranjou uma namorada!’”, relembrou Paris.

Paris ainda completou que Michael Jackson sempre propagou o amor. Segundo ela, os dois focos principais de sua criação era “amar” e a “educação”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio