Compositor de ‘Thriller’ fala sobre criação do hit de Michael Jackson

O compositor Rod Temperton falou à revista M sobre o processo de criação da faixa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1982, Michael Jackson se tornou um verdadeiro fenômeno mundial ao lançar Thriller, fazendo dele um dos álbuns mais vendidos da história. Por Mj Beats.

“Thriller” surgiu da mente do compositor Rod Temperton, que já havia trabalhado com Michael nas músicas “Off the Wall”, “Rock with You” e “Burn this Disco Out”, todas do disco anterior. Eles se deram muito bem juntos e renovaram a parceria para mais três sucessos: além de “Thriller”, “The Lady in My Life” e “Baby Be Mine”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falando sobre o primeiro deles à revista M, Rod revelou que Michael amava filmes de terror, então veio a ideia de escrever algo “realmente teatral.”

“Fiquei realmente impressionado com a participação de Michael na seção rítmica ao gravar ‘Don’t Stop ’Til You Get Enough’ e queria escrever algo que tivesse o mesmo poder, mas com uma estrutura melódica mais dramática”, disse.

VEJA MAIS: Katy Perry surge de maiô pela primeira vez após dar à luz; confira!

Mas não foi até uma noite sozinho, trancado num quarto de hotel, que o nome da composição surgiu. Depois, o resto veio fácil.

“No meu processo de escrita, eu ouço todas as partes musicais antes mesmo de chegar às letras”, revelou Rod. “Esta era claramente uma produção tão grande que tinha que ser a faixa-título do disco, só que ainda não tinha letra — e ‘Starlight’ [o nome original da música] não me parecia bom o suficiente.”

Ao voltar para o hotel todas as noites, ele escrevia alguns títulos. Quando pensou em “Midnight Man”, o produtor de Thriller, Quincy Jones, entendeu que Rod estava no caminho certo, mas ainda não havia chegado lá.

“Na manhã seguinte, eu me lembrei de ‘Thriller’, mas era uma palavra horrível de cantar. Soava terrível”, continuou. “Mas conseguimos que Michael cuspisse no microfone algumas vezes e deu certo. Assim que conseguimos o título, as letras foram escritas em algumas horas, apenas.”

Posteriormente, o ator Vincent Price se juntou a eles para trabalhar na música, assim como o diretor John Landis, que dirigiu o clipe. A equipe estava completa.

Segundo a Vanity Fair, John foi contatado por Michael Jackson dada sua habilidade de fazer filmes de terror. Ele, contudo, se recusou a fazer apenas um clipe, afirmando que só o faria se fosse um curta-metragem, que seria narrativo e pudesse ser lançado nos cinemas.

Michael concordou e deu início a uma longa relação de trabalho entre eles, que inclui o clipe de “Black or White”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio