Covid: Selena Gomez faz apelo a líderes mundiais para garantir vacina a todos

A cantora apresentará a Vax Live em prol da distribuição igualitária de vacina

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Selena Gomez ganhou o apoio do presidente francês Emmanuel Macron e outros políticos depois de encorajar os líderes mundiais a prometerem ajudar a fornecer vacinas Covid-19 às nações mais pobres.

A cantora de Come & Get It, que se juntou aos organizadores da Global Citizen para cuidar do próximo “VAX LIVE: The Concert to Reunite the World”, foi ao Twitter no último final de semana para se dirigir aos chefes de governo em cada um dos países integrantes do G7 – Canadá, Alemanha, França, Itália, Japão, Reino Unido e EUA. A artista convocou os políticos a juntarem-se na luta contra o coronavírus.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela tuitou: “Por favor junte-se a mim e envie uma mensagem ao @EmmanuelMacron da França e a outros líderes do #G7 pedindo-lhes que se comprometam a doar dólares ou doses [de vacina] para ajudar todos no mundo inteiro a combater a pandemia de Covid-19”.

Na sequência, Macron tem respondeu ao seu apelo por atitudes, explicando que eles já têm participado no plano COVID-19 Vaccines Global Access (COVAX) da Organização Mundial de Saúde para aumentar a acessibilidade às vacinas.

“Cara @SelenaGomez, obrigado por levar esta mensagem crucial a todos os líderes”, escreveu ele. “A França já começou a enviar as suas primeiras doses de vacina para África através do #Covax, e é apenas o início. Obrigado por espalhar a palavra! Vamos ficar ao lado daqueles que têm menos. Agora.”

Respondendo à notícia, Selena escreveu: “Obrigada! Precisamos que todos os líderes do #G7 fiquem ao lado daqueles que têm menos”.

Depois, ela dirigiu-se ao presidente dos EUA, Joe Biden, ao Secretário de Estado Antony Blinken, e até ao Chefe de Gabinete da Casa Branca Ronald Klain, para tentar chamar sua atenção: “Espero realmente que os EUA também ouçam isso e tomem uma posição. Com a liderança dos EUA #NósPodemosFazerIsso e acabar com a pandemia para todos. #VaxLive”.

VEJA MAIS: Crime? SBT exibe música vazada de Anitta antes do lançamento

Selena tinha também enviado tweets ao primeiro-ministro espanhol Pedro Sanchez e à líder da Nova Zelândia Jacinda Ardern, procurando também o seu apoio.

Sanchez viu a mensagem e escreveu de volta, “A Espanha está empenhada no acesso igual e universal às vacinas, @selenagomez. Ainda esta semana, anunciei que iremos disponibilizar cerca de 7,5 milhões de doses para a América Latina e ao Caribe este ano. Somente unidos seremos bem sucedidos. Te vejo em #VaxLive”!

“Obrigado! O seu empenho salvará vidas em todo o mundo”, afirmou Selena.

“@JacindaArdern podemos também contar com o seu apoio? Você ajudou a Nova Zelândia a combater o Covid-19 a nível local. Agora precisamos da sua ajuda a nível mundial para assegurar que todos possam ter acesso à vacina. #VaxLive”

Selena Gomez não está pressionando apenas políticos. Ela também exigiu que os criadores de vacinas fizessem a sua parte para ajudar, fornecendo as doses numa base “sem fins lucrativos” para os países “mais necessitados”.

Jennifer Lopez, Foo Fighters, Eddie Vedder, J Balvin, e H.E.R. irão participar do evento VAX LIVE, no qual os organizadores têm como objetivo arrecadar 22,1 mil milhões de dólares de líderes mundiais, funcionários governamentais, chefes de corporações, e filantropos, a fim de obter “dois mil milhões de doses de vacina Covid-19, testes, e tratamentos para os países mais pobres do mundo até ao final de 2021”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio