daniela mercury
A cantora baiana Daniela Mercury (FOTO: Reprodução)

O novo álbum de Daniela Mercury foi lançado neste dia 10 de janeiro em todas as plataformas digitais com 15 faixas e 1 bônus track que carregam manifestações politicas em bases ritmicas, baladas românticas e muito, mas muito Axé!

PERFUME tem parcerias de Daniela Mercury com Caetano Veloso, Carlinhos Brown, a banda italiana I Koko, com o filho dela Gabriel Póvoas e com a esposa Malu Mercury

“Somos feitos de sol e música e perfume.” Foi esse verso da faixa Rainha da Balbúrdia inspirou o nome do álbum. PERFUME (20º álbum da carreira solo da artista) é uma exaltação do povo nordestino e também uma celebração dos 35 anos da Axé Music e dos 70 anos do trio elétrico. “Para mim, a alegria é muito profunda. Por isso, reuni um ano de produção musical em uma obra que protesta com esperança e humor. PERFUME tem as minhas raízes carnavalescas, o meu samba reggae, um galope rock’n roll para celebrar o trio elétrico e muito humor, aquele “non sense axezístico” para confrontar o cinismo, a censura, a LGBTfobia, o racismo e os ataques à cultura brasileira e à natureza. Fiz questão, por exemplo, de regravar Chico Buarque. Na minha opinião, nunca o Brasil precisou tanto do Axé! Por isso, a Alegria continua sendo a minha maior revolução!, Daniela Mercury.

Com PERFUME, a Rainha fez um projeto que sonha há anos: lançar alguns singles antes do álbum para que todas as músicas tenham destaque entre os fãs. Sete canções foram lançadas entre 2018 e 2019. Outras três chegaram no último mês e o restante nesta sexta-feira, quando os fãs poderão escutar o álbum que chega com músicas inéditas e uma bonus track.

Entre as músicas já conhecidas do público, “Perfume” tem uma versão samba-raggae de Imagine, de John Lennon; Duas Leoas, que canta com a mulher, Malu Verçosa; e Proibido o Carnaval, parceria com Caetano Veloso lançada há um ano e carregada de críticas ao governo de Jair Bolsonaro.

PERFUME tem duas canções que celebram o trio elétrico, que completa 70 anos em 2020: TRIATRO (música de Daniela Mercury) e ANDARILHO ENCANTADO (uma composição também de Daniela Mercury, desta vez em parceria com Marcelo Quintanilha, em que Daniela faz feat com Carlinhos Brown).

TRIATRO é o nome do trio elétrico de Daniela Mercury. Ela transformou o trio em um teatro sobre rodas com seus espetáculos de carnaval. Sobre o Triatro ela cantou música erudita, colocou orquestras, piano de cauda, óperas de carnaval, DJS, balés, atores, pintores, música acústica, arte em grafite e muito mais. O galope carnavalesco Triatro é uma homenagem ao Carnaval de São Paulo e à Semana de Arte Moderna de 1922, que completará 100 anos daqui a 2 anos.. Para Daniela o carnaval em Sampa é parte da Revolução Caraíba sonhada por Oswald de Andrade em seus manifestos. E o Axé é filho do movimento modernista, como a Tropicália e a Bossa Nova.
“Como afirma Oswald de Andrade no seu extraordinário manifesto Antropofágico: “Alegria Cura“. Eu, inclusive, cito essa frase em PROIBIDO O CARNAVAL que é uma composição minha e tive a honra de ter Caetano comigo nessa faixa. Voltando a Triatro, os manifestos de Oswald também inspiram a letra, que é a primeira música que eu componho para o Carnaval de Rua de São Paulo. É um galope afro rock para homenagear também Rita Lee tropicalista. Tenho certeza que Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Villa-Lobos e os artistas da semana de 22 celebrariam essa ocupação artística que é o Carnaval de rua e que, sem dúvida, é parte da Revolução Caraíba sonhada por eles.”, afirma Daniela.

Além do álbum, os fãs podem esperar um mini documentário dirigido por Diego Lisboa, falando sobre o lançamento de PERFUME e um pouco da história da Rainha, mostrando um show tradicional feito por Daniela há 21 anos seguidos na mesma data: dia 1º de janeiro. Um espetáculo para mais de 300 mil pessoas, na Arena Daniela Mercury, em Salvador. Neste super registro, a cantora fala sobre os 35 anos da Axé Music e da alegria revolucionária, além de muitas outras histórias. Além dos depoimentos de Daniela, foram registradas duas canções que são apostas para este carnaval: “CONFETE E SERPENTINA” E “TRIATRO”. Outra aposta é RAINHA DA BALBÚRDIA, que teve videoclipe lançado há um mês.

FAIXAS COMENTADAS POR DANIELA MERCURY:

RAINHA DA BALBÚRDIA é um groove arrastado, uma mistura nova de samba lento, de reggae e pagode, com uma pitada de funk. Quando escrevi essa canção só me vinha à cabeça que Música é perfume para os sentidos!

No álbum PERFUME tenho convidados muito especiais cantando comigo: Caetano Veloso em PROIBIDO O CARNAVAL, Malu Mercury em DUAS LEOAS, A banda italiana I Koko gravou LA BANDA (uma versão em italiano e português da obra prima A BANDA, de Chico Buarque) e gravou também uma versão remix de PANTERA NEGRA DEUSA em inglês e português. Ainda tenho meu filho Gabriel Póvoas comigo numa linda canção dele e de Capinan chamada LONGÍNQUO LONGE. Além desses feats tive a honra de ter a percussão do Bloco Afro Ilê Aiyê na belíssima faixa EXALOU, que é uma composição de artistas do Curuzu (Marito Lima/Lafayete e Milton Boquinha), do bairro da Liberdade, em Salvador.

Cantar nossa música com nosso sotaque, nosso vocabulário, nossos ritmos, instrumentações, letras, poesias e danças são atos de existência e de resistência originais e poderosos. Os compositores e líderes dos blocos afro inventaram uma maneira muito particular de lutar contra o racismo e a exclusão social nas suas lindas músicas e, para mim, essa forma de fazer música é a identidade do meu Axé. Foi por unir o ritmo, poesia e luta que eu resolvi construir minha carreira cantando sambas afro e sambas reggae. Além disso, as minhas marchas de carnaval e frevos usam o humor e a alegria para trazer para o meu Triatro questões importantes que estamos vivendo, seguindo a tradição de muitas marchinhas antigas de carnaval. O Carnaval é uma manifestação para lá de antropofágica. (risos)

PROIBIDO O CARNAVAL, por exemplo, é um grande sucesso. Se tornou um hino de afirmação LGBTQI+ contra todo tipo de censura. É a minha primeira gravação com Caetano Veloso. Compus a música pensando nele, para ele gravar comigo. Caetano tem um trio elétrico com seu nome (Caetanave) e me deu de presente (anos atrás) uma obra prima: a música Axé Axé! Eu quis retribuir tudo que ele representa e falar da sua influência para a existência do Axé. O momento político não poderia ser mais propício. A música atingiu seu objetivo! Nosso videoclipe tem mais de 4 milhões de visualizações e vai ser ainda mais forte no carnaval 2020.
“LA BANDA (A BANDA)”, de Chico Buarque, sempre me lembrou do Trio Elétrico, do povo vendo ali a banda passar, trazendo alegria e amor. Eu sempre quis gravar essa música e, puxa, depois que Chico Buarque ganhou o prêmio Camões, temos mais do nunca que celebrar sua obra. A BANDA ganhou o título de LA BANDA na versão dos autores italianos e foi um grande sucesso na Itália na voz de uma das suas maiores intérpretes: Mina! Agora, no meu álbum Perfume, LA BANDA recebe o arranjo e a voz da dupla de DJs I KOKO formada por La Tia & El Niño.

PÉTALA POR PÉTALA: Depois de mais de 10 anos escolhi gravar o genial Chico César novamente. PÉTALA POR PÉTALA é uma composicão dele em parceria com Vanessa Bugnamy e é uma das canções mais lindas que já gravei! Virou um reggae eletrônico de amor lindíssimo. Estou apaixonada. Risos.

Em PERFUME, há também o ritmo criado pelo maestro Neguinho do Samba com o Olodum na faixa IMAGINE, que vem emocionando todos que escutam esse poderoso samba reggae que pede pela paz e pela justiça social.

Tenho ainda muito humor e a inocência do carnaval, com brincadeiras non sense em duas faixas muito divertidas: “CONFETE E SERPENTINA” e “AÇUCAREIRO”. A canção CONFETE E SERPENTINA eu comecei a cantar desde o reveillon e estou vendo a música crescer de forma poderosa para ocupar a avenida com cheiro de alegria, que é a essência do meu PERFUME de Carnaval. Já AÇUCAREIRO vai deixar todo mundo docinho. Nessa última faixa eu fiz um dengo para a banda feminina percussiva Didá, que foi criada pelo meu mestre Neguinho do Samba, e tenho certeza que ela vai adoçar o nosso Brasil. Vocês vão se divertir, garanto!!! (Risos) Não há nada mais sério que a alegria. PERFUME é feito da alegria do Axé. Vou jogar PERFUME sobre vocês todos em notas musicais…

FAIXAS E COMPOSITORES ÁLBUM PERFUME:

1. Rainha da Balbúrdia (Daniela Mercury)
2. Proibido o Carnaval (Daniela Mercury)
Intérpretes: Daniela Mercury feat Caetano Veloso
3. La Banda (Chico Buarque/ Versão: A. Carish/ A. Amurri)
Intérpretes: Daniela Mercury feat I Koko
4. Exalou (Marito Lima/ Lafayete/ Milton Boquinha )
5. Triatro (Daniela Mercury)
6. Confete e Serpentina (Magary Lord, Fabinho Alcântara e Alfredo Moura)
7. Imagine (John Lennon)
8. Pétala por Pétala (Chico César e Vanessa Bumagny)
9. Duas Leoas (Marcelo Quintanilha)
Intérpretes: Daniela Mercury feat Malu Mercury
10. Longínquo Longe (Gabriel Póvoas e Carlos Capinan)
Intérpretes: Daniela Mercury feat Gabriel Póvoas
11. Pantera Negra Deusa (Daniela Mercury e Gabriel Póvoas)
12. Pagode Divino (Daniela Mercury, Léo Reis e Felipe Pinaud)
13. Andarilho Encantado (Daniela Mercury e Marcelo Quintanilha)
Intérpretes: Daniela Mercury feat Carlinhos Brown
14. Cidade da Música (Daniela Mercury, Marquinhos Carvalho, Ana Luisa Almeida)
15. Açucareiro (Daniela Mercury, Magary Lord, Samir Trindade e Alexandre Peixe)
16. Bônus track: Pantera Negra Deusa (Remix) feat I Koko
(versão ingles/português Daniela Mercury com i Koko, grupo italiano)