David Guetta
O DJ e produtor francês David Guetta (FOTO: Reprodução)

Num clima totalmente high tech, a cantora Anne-Marie estrela o mais novo clipe do DJ e produtor David Guetta. A faixa se chama “Don’t Leave Me Alone” e marca a parceria da atual estrela britânica com o DJ francês. O vídeo tem um clima meio “Jogador Número 1”, filme que recentemente trouxe o tema da realidade virtual de volta para o universo do entretenimento.

VEJA TAMBÉM: IZA sofre acidente durante show e é retirada do palco por bailarinos

Confira o novo clipe de David Guetta:

Além de ser a voz por trás do hit Rockabye, a britânica Anne-Marie é responsável por alguns dos maiores sucessos do ano no Reino Unido. Dois singles que a cantora lançou neste ano, “Friends” e “2002”, chegaram a ficar no Top 5 da parada britânica.

Vale lembrar que “Don’t Leave Me Alone” foi a faixa escolhida como novo single de David Guetta após o cancelamento de sua música em parceria com Demi Lovato e J. Balvin.

A parceria de J. Balvin e Demi Lovato com David Guetta se chamaria “Say My Name” e foi cancelada segundo um comentário no instagram feito por Jean-Charles Carre, empresário do DJ. O cancelamento foi divulgado momentos antes dos acontecimentos sobre a saúde da cantora virem à tona. A canção havia sido sinalizada inclusive pela rádio Capital FM, uma das mais prestigiadas do Reino Unido.

Dançarina de Demi Lovato afirma que entrou em depressão após ser acusada de fornecer drogas para a cantora

Uma dançarina da turnê “Tell Me You Love Me” da Demi Lovato continua sendo assunto nas redes sociais. O nome da profissional é Dani Vitale e ela continua sendo acusada pelos fãs da cantora como a culpada pela overdose da cantora. Diariamente a dançarina tem recebido comentários negativos em suas redes sociais, responsabilizando-lhe pela recaída da artista, que havia comemorado seis anos de sobriedade em março. Os fãs de Demi Lovato acreditam que Dani era quem fornecia drogas a Demi, além de incentivá-la a beber em eventos públicos.

VEJA TAMBÉM: Ariana Grande chora em entrevista ao lembrar atentado terrorista

Um detalhe que não vem sendo ignorado pelos fãs é que a overdose da cantora aconteceu na manhã seguinte à festa de aniversário de Dani Vitale, em Los Angeles, evento que contou com a participação de Demi Lovato. Testemunhas afirmam que a cantora passou a noite bebendo com Dani Vitale e com outros amigos em 23 de julho. Fãs especulam que Dani estava na casa de Demi Lovato no momento da overdose, mas abandonou o local antes dos paramédicos chegarem para não se ver envolvida no caso. O receio é de que o caso virasse uma investigação policial.

Dani Vitale nega as acusações. Ela afirma que, após a comemoração, foi direto para sua própria casa. “Na manhã seguinte, acordei com uma ligação, precisando e querendo estar lá por alguém”, explicou em uma postagem no Instagram. A dançarina explica que ficou triste e confusa com a notícia do estado de Demi Lovato e passou a focar totalmente na recuperação da amiga. Enquanto isso, já circulavam manchetes e fofocas sobre seu suposto envolvimento no caso pela web. “Eu NUNCA toquei ou ao menos VI drogas em toda minha vida. EU NÃO USO DROGAS e nem encorajaria ou forneceria drogas a alguém que amo”, escreveu.

Dani Vitale afirma ter entrado em depressão por conta das declarações dos fãs nas redes sociais. “Eu não saí de casa ou da minha cama por três semanas. Lidei com depressão severa, medo, ansiedade, tristeza, raiva, desgosto, dormência e muitos outros sentimentos que tristemente não posso colocar em palavras”, revela. Agora recuperada quer se dedicar a dar aulas de danças à amiga Demi Lovato.

Na semana passada, Demi deu entrada em uma clínica de reabilitação. Ainda não se sabe qual será a duração do tratamento. Enquanto isso, os shows da turnê na América Latina foram todos cancelados.