De acordo com empresário, Britney Spears estaria morta se não fosse seu pai

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A situação da tutela de Britney Spears atribuída ao seu pai sempre causa controvérsia entre os fãs da cantora.

Contudo, de acordo com um empresário e profissional próximo da família, a intervenção do pai, Jamie Spears, teria sido crucial para estrela estar viva hoje, depois do seu colapso psiquiátrico.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Conheço Britney desde 1998. Eu a vi no auge de sua fama e a vi lutando quando as coisas ficavam difíceis. Ela estava fora de controle. Ela estava passando pelo pior momento de sua vida e precisava de ajuda.”, relembrou Robert Baker, um conhecido chefe de estúdio de dança de Los Angeles, que conhece Spears há cerca de 20 anos.

O pai dela interveio e deu a ela a ajuda que ela precisava. Se ele não estivesse lá, as coisas poderiam ter sido muito diferentes. Eu não acho que ela ainda estaria conosco hoje.”, afirmou o empresário à Sunday Mirror.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Vale lembrar que recentemente após uma polêmica nova internação da cantora, o TMZ noticiou que a cantora Britney Spears perdeu parte da guarda dos filhos Jayden e Sean. Desse modo, essa decisão da tutela atribuída ao pai, justamente, em decorrência dos problemas da cantora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio