demi lovato
(FOTO: Reprodução)

Quase dois meses após sofrer uma overdose, Demi Lovato segue fazendo o tratamento de reabilitação para se manter sóbria. Recentemente, inclusive, a cantora optou por se transferir para uma outra clínica de reabilitação situada na costa leste dos Estados Unidos. Segundo informações do site TMZ ela tem até recebido visitas do ex-namorado, o ator mexicano Wilmer Valderrama.

Segundo o site, os dois foram vistos em uma cafeteria Starbucks nas redondezas da cidade diversas vezes. O TMZ relata ainda que os dois artistas se comportavam como um casal. Demi e Valderrama ficaram juntos por seis anos e terminaram o namoro em 2016.

Vale lembrar que em seu documentário “Simply Complicated” lançado pelo Youtube em 2017, Demi revela que o ator continua sendo o maior amor de sua vida.

VEJA TAMBÉM: Funkeira manda indireta para Anitta após polêmica envolvendo Bolsonaro

“Acho que o meu coração sempre esteve com o Wilmer. Esteve, está e estará com o Wilmer porque não se passa seis anos com uma pessoa sem lhe dar um pedaço do nosso coração e vice-versa,” contou no filme. ” Tenho a certeza que nunca vou conhecer alguém que se compare a ele, mas estou a tentar manter o meu coração e mente abertos nesse aspeto.”

No último mês de julho, a cantora foi hospitalizada após ser encontrada tendo uma overdose em casa. Ela permaneceu no hospital por duas semanas e cancelou sua agenda de shows para focar na saúde e no tratamento de reabilitação.

Traficante da Demi Lovato poderá ser preso nos próximos dias

Recentemente, foi anunciado que o traficante de Demi Lovato não seria preso por vender drogas para a cantora, mesmo com o jovem admitindo em vídeo que foi ele quem forneceu as substâncias para ela. Agora segundo informações do site TMZ, a polícia de Los Angeles estaria com um mandado de prisão para Brandon Johnson.

A prisão porém, seria por conta de outro incidente que também envolve Brandon. Um juiz fez o pedido com base nos relatos de um caso onde o traficante foi pego portando cocaína e dirigindo sob efeito de bebidas alcóolicas no mês de junho.

VEJA TAMBÉM: Anitta recebe unfollow de fãs-clubes e seguidores após polêmica sobre Bolsonaro

Como ele não apareceu para a audiência na última segunda-feira, o Juiz do caso ordenou o decreto para sua prisão. Ao ser preso, sua fiança será de 26 mil dólares, o que resultaria em cerca de R$ 108 mil.

Vale lembrar que a polícia norte-americana não pode decretar a prisão do rapaz a partir do caso de Lovato, já que uma overdose é considerada “emergência médica” na lei americana.

Recentemente, o rapaz se defendeu alegando que a cantora sabia muito bem quais eram os riscos e consequências das substâncias que estava usando. Ele ressaltou ainda que manteve relações sexuais com a cantora.