Demi Lovato emociona Jane Fonda ao falar sobre jornada após overdose

A cantora também falou como o patriarcado afeta sua vida

Publicado em 17/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A lendária atriz e ícone feminista Jane Fonda, se emocionou ao ouvir Demi Lovato explicar como ela se descobriu não binária (que não se identifica com o sexo feminino e nem masculino), no último episódio do podcast 4D.

De acordo com a Pink News, Lovato e Fonda estavam discutindo sobre opressão e o patriarcado quando Fonda perguntou a Lovato quando ela percebeu que o patriarcado é a raiz de muitos de seus problemas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lovato disse que a percepção veio em duas camadas. “Acho que o primeiro nível foi para o show de poesia de um amigo com o qual me identifiquei tão profundamente, porque eles estavam falando sobre não se conformar com os gêneros e não se identificar como homem ou mulher.”

Ela continuou: “Quando ouvi a opinião deles sobre isso, me identifiquei tanto com isso que pensei comigo mesmo: ‘Oh, há algo aqui. Há algo que nunca soube em toda a minha vida, mas está funcionando agora e eu preciso parar e pesquisar isso.’”

VEJA MAIS: Jimin, do BTS, é dono da música mais ouvida do SoundCloud

Lovato também falou sobre sua recente decisão de cortar o cabelo. “Eu estava abandonando todas as normas de gênero que foram impostas ao meu crescimento feminino neste mundo”, disse ela. “E eu sempre achei que os homens estavam na raiz de empurrar seus planos para mim – para ser uma estrela pop sexy, o que quer que ganhe mais dinheiro para outras pessoas. E eu tive que quebrar esse molde porque eu tinha que encontrar a liberdade por mim mesma para sobreviver, para viver. “

Mas foi quando Lovato começou a falar sobre sua experiência de quase morte em 2018 que Fonda desabou. Lovato disse que havia uma voz dentro dela que lhe dizia: “Você não está vivendo, e se não começar a viver por você, será sua morte.’ Então, acordei e pensei: ‘Quer saber, vou viver minha verdade e não importa quem ela assuste – não importa quem no patriarcado isso abale – vou viver minha verdade por mim.’”

Fonda, entre lágrimas, disse à Demi Lovato que o que ela estava dizendo era corajoso e ela gostaria de poder abraçá-la. “Estou tão feliz em ouvir você dizer tudo isso, Demi. Estou tão orgulhosa de você e estou tão feliz, e admiro muito isso”, disse ela.

“Estou tão feliz que você saiu disso porque eu vi o documentário, que você saiu disso com essa compreensão, e que você está descobrindo sua verdade real e é simplesmente maravilhoso. É simplesmente maravilhoso.”

Assista ao momento e em seguida veja o vídeo completo:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio