Demi Lovato revela ter contracenado em filme com ator que a estuprou

Uma prévia exclusiva do próximo clipe da estrela pop

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente, Demi Lovato revelou que precisou contracenar com o ator que a estuprou mesmo após ter denunciado o crime a uma “pessoa poderosa” da indústria cinematográfica. A muda concedeu uma entrevista ao jornal britânico The Times, onde falou sobre o assunto.

De acordo com a cantora, ela estava saindo com esse ator na época, contudo, não tinha planos de fazer sexo com ele, porque ainda era virgem. Ele então cometeu o estupro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A artista atribuiu seus distúrbios alimentares e outros problemas de saúde mental ao abuso. Após o ocorrido, ela confidenciou o ocorrido a esse “figurão”, uma mulher. No entanto, apesar dessa pessoa ter inicialmente se solidarizado, o ocorrido acabou “jogado debaixo do tapete”, segundo Lovato.

“Ela disse, ‘não acho que ele deva estar no seu filme’. Mas isso tudo acabou jogado debaixo do tapete. Nada foi feito. A pessoa acabou ficando no filme”.

Segundo a cantora, ela se compreendeu plenamente o que havia ocorrido com o despertar do movimento #MeToo, em 2018: “Eu compreendi, ‘meu deus, é isso que acontece o tempo todo na indústria’”. Lovato não revelou a identidade do ator que cometeu o crime.

A artista disse que na época do abuso ela revelou o ocorrido apenas para sua mãe e alguns poucos amigos mais próximos.

“Enquanto passava pelo meu tratamento contra os meus distúrbios alimentares, em 2010, concluí que a razão do progresso acelerado da minha doença era consequência de ter mantido o estupro em segredo”, afirmou a celebridade.

“Quando isso ocorreu senti muita vergonha. Ficava martelando na minha cabeça: ‘você não é casada, você não é casada, você não é casada, você é ruim’. Passei três anos pensando ‘sou ruim, sou errada, sou suja’. É por isso que acabei internada”.

Lovato também já havia revelado recentemente que foi estuprada por um traficante em 2018 logo após sofrer sua overdose. Vale ressaltar que ela irá reviver a noite de sua overdose em um clipe.

EW obteve fotos exclusivas dos bastidores do próximo videoclipe da cantora para “Dancing With the Devil”, no qual ela recria sua overdose quase fatal de 2018 em cenas que a mostram em um bar, maca e em uma cama de hospital.

VEJA MAIS: Katy Perry surge de maiô pela primeira vez após dar à luz; confira

As fotos mostram o quão dedicada Lovato é em trazer sua experiência pessoal e transformadora para a vida na tela para a música inspirada por sua luta contra o vício. Todos os detalhes são precisos, desde o cabelo até a maquiagem e até mesmo uma jaqueta verde parecida com a que ela estava usando na noite da overdose, como foi revelado por meio de fotos angustiantes mostradas em suas documentações recentes no YouTube, Demi Lovato: Dancing With the Devil.

Lovato falou recentemente com EW sobre o processo de gravação de uma música que mergulhou em seus vícios do passado. “Às vezes, ser descritivo pode ser desencadeante, mas essa é a triste verdade de como pode ficar escuro”, disse ela. “Isso é importante para dar às pessoas também.” 

CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
CRÉDITO: ANGELO KRITIKOS
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio