demi lovato
A cantora norte-americana Demi Lovato (FOTO: Reprodução)

Nesta terça-feira (7), a cantora norte-americana Demi Lovato deu o que falar nas redes sociais, após ser divulgada uma entrevista reveladora com a estrela de 27 anos para a Bustle. Ela se abriu sobre seus problemas com a imagem de seu corpo e sobre vícios.

“Eu costumava ter pessoas me vigiando na noite anterior a uma sessão de fotos para ter certeza de que não comia demais ou que estava comendo escondida para não ficar inchada no dia seguinte”, revelou a cantora. Demi Lovato também revelou que se livrou dessas cobranças exageradas de sua equipe. “É apenas um mundo totalmente diferente agora… Eu não me preparo mais para sessões de fotos. Eu posso comer o que eu quiser no café da manhã”.

Lovato credita parte dessa mudança saudável ao encontrar um novo empresário, Scooter Braun, famoso por gerenciar nomes como Ariana Grande e Justin Bieber, após romper com o seu antigo empresário, Phil McIntyre.

No passado, eu projetei meus próprios problemas de abandono em outras pessoas, especialmente figuras masculinas no qual eu considerava figuras paternas, mas eu tive que refletir sobre a situação: ‘Como eu quero que meu relacionamento com meu empresário dê certo sem misturar as coisas?'”.

Demi Lovato no clipe de I Love Me (Reprodução)

A estrela pop também revelou detalhes de seu tratamento contra as drogas, após sofrer uma overdose em 2018. Demi explicou que planejava lançar seu sétimo álbum de estúdio e realizar uma turnê em 2020, mais que por causa da pandemia do coronavírus, os planos foram adiados até que seja seguro se reunir novamente para as apresentações ao vivo e eventuais divulgações.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Contudo, a ex-estrela do Disney Channel afirmou que o tempo para refletir e desacelerar durante a quarentena acabou fazendo bem à ela, pois agora ela passa mais tempo com o namorado Max Ehrich, no apartamento temporário do casal em Los Angeles. “É muito comum que as pessoas trabalhem sozinhas quando a crise acontece ou quando percebem que estão entrando em velhos padrões ou comportamentos”, disse ela durante a entrevista. “Para poder entrar nessa experiência sem uma crise pessoal e ser assim, agora posso trabalhar comigo mesma porque tenho tempo… Foi uma boa experiência”.

Demi também conta, que o período de quarentena fez ela estabelecer novas metas e a descobrir o que ela realmente deseja daqui pra frente. “Quero uma carreira que não tenha nada a ver com o meu corpo”, disse ela a Bustle. “Quero que minha carreira seja sobre minhas músicas, minhas letras e a minha mensagem. E quero uma carreira duradoura pela qual não precise me mudar. A música me trouxe muita alegria quando eu era mais jovem, e perdi essa alegria por toda pressão da indústria da música. Eu fiquei infeliz. E nunca mais quero que seja assim. Isso é o que eu desejo”, afirmou a cantora.