madonna
A cantora norte-americana Madonna (FOTO: Reprodução)

Na última segunda-feira (dia 22), o produtor Patrick Leonard, antigo colaborador de Madonna, publicou algumas demos inéditas do clássico álbum “Like a Prayer”, lançado pela cantora ainda em 1989.

Segundo informações da Rolling Stone, o objetivo de Leonard é boicotar um leilão que trará mais de 70 itens da carreira da artista como as fitas cassetes das demos. O evento também colocará à venda figurinos e inclusive uma carta de desculpas escrita à mão pelo rapper Tupac Shakur, um ano antes de sua morte.

VEJA TAMBÉM: Marília Mendonça fica indignada com perfil fake criado para o filho

As tentativas do produtor de impedir o evento, acontecem depois de Madonna acabar perdendo uma batalha judicial, no mês passado, que travou por dois anos contra o leilão.

“Espero que essas publicações impeçam a venda da fita cassete no leilão. Não é nada legal que alguém tente vendê-las. Não é deles para que sejam vendidas”, escreveu o produtor.

Trinta anos depois de seus lançamentos, o produtor divulgou demos que incluem as versões amadoras de “Like A Prayer”, “Cherish” e também da inédita “Angels With Dirty Faces”, que foi descartada pela cantora na edição final do álbum.