di ferrero
O cantor sul mato-grossense Di Ferrero (FOTO: Reprodução)

Na última semana de 2019, o ex-líder do NX Zero Di Ferrero disponibilizou a segunda leva de canções do projeto “Sinais Sessions – Morro da Urca”. O grupo de músicas reúne “Céu da Sua Boca” e “Seja Para Mim”, parcerias do artista com a banda de reggae Maneva, além de uma versão exclusiva de “Cedo ou Tarde”, lançada por sua antiga banda em 2009. As músicas estão disponíveis em todas as plataformas musicais.

A sessão foi gravada durante o dia no Morro da Urca, no Rio de Janeiro, a céu aberto. A primeira leva de canções, que saiu pela Universal Music, foi lançada na primeira quinzena do mês e conta com a parceria do rapper Rashid na bela “Outra Dose”, disponível também no YouTube.

Nos últimos dois anos a vida artística de Di Ferrero deu uma guinada de 180º. A turbulência natural – e até gostosa pela adrenalina gerada – ao experimentar um novo caminho o conduziu a esta ilha de tranquilidade que ele começa a soltar na forma de “Sinais Sessions”.

O formato é quase o de uma jam. Di convida o artista, escolhe uma canção do repertório deste, outra da sua própria obra solo ou com o NX Zero que tenha encaixe e mais o que acontecer na hora. Para o Observatório de Música, Di Ferrero falou sobre a sua tão aguardada parceria com IZA e muito mais. Confira:

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

– Como fora a sua transição do rock para o pop? Você sentiu alguma resistência por parte dos fãs?

“Na verdade, estou sempre em transição. E isso quer dizer que o rock sempre está em mim, assim como pop que tem mais elementos agora no meu som. Não senti resistência dos fãs e me surpreendi com a recepção quando lancei minha primeira música “Sentença” ! Acho que os fãs esperavam algo novo e diferente do que eu fazia. Eu me permiti buscar outras sonoridades“.

– A banda NXZero teve grande apoio das rádios e emplacou diversos hits nos verões passados, você espera alcançar tal feito neste empreitada solo?

O principal é que eu esteja feliz com o som que eu faço. Sinto que o público espera mais novidades de mim. Eu aprendi a não cair na armadilha de me comparar com outros artistas, se fizer isso viro refém em busca de numeros ao invés de fazer novos projetos! O grande lance é viver novas experiências e focar em fazer músicas. E só me comparar com o que eu era ontem e o que sou hoje. Fico feliz de ver minhas músicas novas chegando na galera e ver o espaço que rádios e vários outros veículos me dão!“.

– Você se sente ainda mais “pressionado” para dar certo pelo feito de já ter sido parte de uma banda popular no país?

Me sinto feliz e não pressionado”.

– “Sinais Sessions” marca a tua estreia no universo pop, certo? De quem veio a ideia de lançar um álbum acústico?

“Na verdade não, já lancei alguns singles como “Sentença” e “No Mesmo Lugar” também  “Sinais” parte 1 que é a primeira parte do álbum de estúdio”. “Sinais Sessions – Morro Da Urca” é um projeto ao vivo onde faço músicas minhas e músicas do convidado. Como o Single “Outra Dose” feat Rashid; “Céu da sua Boca” feat Maneva e uma versão de “So Rezo” Feat Vitao. Já tenho gravado mais do “sinais Sessions” com Vítor Kley e Thiaguinho. O legal foi Gravar no Morro Da Urca ! Cartão postal ! Foi inesquecível !

– Di, a faixa, “Onde a gente chegou” com a cantora Iza ainda será lançada neste projeto ou teve de ser engavetada?

Esse Som que é umas das músicas mais lindas que fiz e tive o prazer da IZA gravar comigo. Esse som entra no “Sinais Part 2”.

– Além de Iza, nós teremos outra cantora no seu álbum de estreia? Quem é ela?

“Sim, mas por enquanto é segredo”.

– Qual é a sua canção favorita do “Sinais Sessions” e qual você acredita que os fãs mais irão de identificar?

“Sinto que Outra Dose com Rashid é uma música que os fãs tão curtindo muito! Também tem uma mais Reggae, “Céu sua boca”, com Maneva e Uma das que Mais gosto “Só rezo” feat Vitao!”.