michael jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução_

Segundo o site MJ Beats, durante um evento virtual realizado nessa terça-feira (21/07) pela organização dos prêmios BAFTA (British Academy of Film and Television Arts). O diretor de Leaving Neverland, Dan Reed, falou que está filmando a sequência do documentário que pinta Michael Jackson como um abusador.

O documentário “Leaving Neverland” estreou no Festival de Sundance de 2019, trazendo as acusações de Wade Robson e James Safechuck, dois homens que eram amigos do rei do pop, na infância.

Image for post
(FOTO: MJ Beats)

LEIA TAMBÉM: Grávida! Nicki Minaj posta foto com barrigão e confirma suspeitas de gravidez

Entretanto, poucos meses após sua estreia, o filme foi totalmente descredibilizado por evidências de que Robson, Safechuck e Reed tinham distorcido ou mentido sobre praticamente todos os dados apresentados. E omitiram o fato de que os dois homens atualmente estão processando o Espólio de Michael Jackson por centenas de milhões de dólares.

Com o processo em andamento, Reed pediu autorização do juiz para filmar as audiências do caso, o que lhe foi concedido, entretanto, com alguns poréns.

Com isso, os fãs do cantor desconfiaram de que o diretor, planejava usar essas imagens para criar uma nova obra. O que veio a ser confirmado pelo diretor.

O diretor não deu muitos detalhes sobre o novo documentário, entretanto, algumas falas dele dão sugestão de que trará depoimentos que nunca foram usados. Também sugere que o Rancho Neverland seria uma “caverna de pedofilia” para Michael Jackson.