DJ Khaled
O músico DJ Khaled (FOTO: Reprodução)

O 2º lugar não é o suficiente para DJ Khaled. Fontes revelaram à coluna Page Six, do New York Post, que o produtor ficou aborrecido com sua gravadora Epic ao descobrir que seu novo álbum “Father of Ashad” não estreou no topo da Billboard 200. “Ele invadiu o escritório da Epic com sua equipe pessoal. Ele estava com raiva e aos berros”, afirmou uma fonte da gravadora.

VEJA TAMBÉM: Fake news! Informação de que Rihanna alugou ilha para gravar novo álbum é falsa

De acordo com o jornal, DJ Khaled está bastante insatisfeito com o desempenho do disco. O músico responsabiliza a própria gravadora por não lutar pelo disco e não promovê-lo da melhor maneira. “Father of Ashad” estreou na segunda posição na parada americana, atrás apenas de “Igor” do rapper Tyler the Creator. Foram 165 mil unidades contra 137 mil cópias comercializadas.

Os dois artistas chegaram a apelar para vendas casadas na luta pelo topo do pódio. Tyler, the Creator chegou a vender o álbum com camisas, stickers e outros produtos enquanto Khaled, vendeu o álbum junto com garrafas de energético. O grande problema é que a Billboard não contou essas vendas vindas dos energéticos. Khaled, então, ficou bastante furioso com a Epic pela empresa não entender o mercado.

“Khaled ficou chateado da gravadora não lutar para que esses números fossem contabilizados, o que poderia ter lhe dado o nº1”, afirmou uma fonte. “Ele estava furioso. Muitos palavrões foram ditos. Publicamente, ele é 100% positividade, mas há um lado malvado que as pessoas não veem. Ele criou um hype excessivo para o álbum, como ‘seu maior álbum’”, explicou outra fonte.