DJ processa Pocah em R$ 260 mil após ser demitido sem explicações

"Me mandou embora sem nenhuma justificativa. Me tirou dos grupos de WhatsApp e botou outro DJ no meu lugar”, revelou Daniel

Publicado em 17/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora e ex-BBB Pocah está sendo processada pelo seu ex-DJ Daniel Gripp. O profissional procurou a Justiça após ser demitido pela equipe da artista durante a pandemia, após nove anos trabalhando juntos. As informações são do EXTRA.

A ação corre na 9ª Vara do Trabalho do Rio, e a defesa de Daniel alega vínculo empregatício e exige o pagamento de R$ 262 mil, referentes a direitos trabalhistas, como férias, 13º salário, entre ouros.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Jimin, do BTS, é dono da música mais ouvida do SoundCloud

“Sempre fui o DJ fixo, desde 2012, quando ela iniciou a carreira. Pocah me mandou embora sem nenhuma justificativa. Me tirou dos grupos de WhatsApp e botou outro DJ no meu lugar”, revelou Daniel para a publicação.

O DJ ainda revelou que foi demitido pouco tempo antes da cantora entrar no reality global: “Nem me ligaram nem nada. Simplesmente botaram outro DJ no meu lugar sem me dar nenhuma satisfação. Cheguei a procurar a Pocah, mas ela não me responde. Passei anos viajando com ela para shows. Deixei de ver meu filho nascer porque estava na estrada, e agora chega no final e a pessoa nem vir falar comigo…”, reclamou.

(Foto: Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio