djonga
O músico mineiro Djonga (FOTO: Reprodução)

Na manhã desta sexta-feira (20), Dia Da Consciência Negra, o vídeo de um caso de racismo e agressão contra um homem negro viralizou e gerou revolta na web. O caso também chamou a atenção do rapper Djonga.

O músico, que já deixou declarado em suas músicas o lema: fogo nos racistas, saiu em protesto contra o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, que foi espancado até a morte na frente do Carrefour em Porto Alegre.

VEJA TAMBÉM: Mano Brown pede boicote à mercado após homem negro ser espancado até a morte

No Instagram, Djonga publicou alguns vídeos onde mostra ele e diversas pessoas entrando no supermercado e gritando: “Carrefour racista”, diversas vezes. Confira abaixo: