anitta
A cantora carioca Anitta (FOTO: Reprodução)

Adepta religiosa do candomblé, Anitta defendeu o cantor Xanddy, vocalista do Harmonia do Samba, após acusações de preconceito religioso. O cantor teria tirado de propósito a frase “do canto Candomblé” ao cantar a música “Raiz de Todo Bem”, segundo denúncia da atriz Luana Xavier, neta da atriz Chica Xavier.

“Amigo, querido, internet hoje em dia tá fácil não. Todo mundo sabe que sou do batuque e tá lá Xanddão cantando na minha casa todo ano. Deu esse abraço gostoso aí em meu guia do candomblé e a festa seguiu com gente de todo tipo. Tinha amigo da igreja, do axé, família da mamãe católica. E, enquanto escrevo isso para você, coincidentemente escuto a música ‘Me ajude a melhorar’, do Eli Soares, que é uma das minhas músicas favoritas, principalmente quando quero rezar. Povo tem é que parar de criar problema com tudo e cuidar da natureza que seguem destruindo enquanto pregam na internet. Quando acabar a natureza não vai ter oxigênio nem para cristão nem para católico nem umbanda nem candomblé nem mais nada”, comentou Anitta numa publicação de Xanddy.

VEJA TAMBÉM: Cantor do X-Factor é preso após escândalo sexual envolvendo criança

Em sua rede social, Xanddy se defendeu da acusação: “Fui acusado de ser intolerante religioso e exposto na internet, onde pessoas que não me conhecem intimamente, estão, infelizmente, reduzindo o meu caráter de forma irresponsável e tóxica. Eu respeito e amo o ser humano, seja ele católico, espírita, umbandista, candomblecista, judeus, budistas, evangélico. Acima de tudo, procuro respeitar a história, particularidade e trajetória de todos, aprendendo a cada dia”.