dulce maria
A artista mexicana Dulce María (FOTO: Reprodução)

Com a volta dos álbuns de RBD às plataformas digitais, o recente projeto da Dulce María, “Origen”, ganhou força e se posicionou no topo de vendas digitais em diversos países. Por isso, a cantora teve a melhor estreia no ranking digital global, ocupando a posição #153, na frente de grandes artistas como Camila Cabello e Shawn Mendes.

A lista do reconhecido site de monitoramento Kworb, faz uma contagem considerando as maiores plataformas de música, como iTunes, Spotify, Apple Music e Youtube.

FOTO: Reprodução

Milhares de fãs pelo mundo demonstraram que o amor por Dulce segue intacto. Um exemplo disso é que no Brasil, das quatro músicas do RBD que ocupam o Top 5 no iTunes, todas são solos da mexicana. “Fuego”, “El Mundo Detrás”, “Lágrimas Pérdidas”, “Aburrida y Sola” e “Te Daría Todo”, são algumas das que chegaram ao top 10 de 8 outros países.

VEJA TAMBÉM: Criador do RBD fala sobre a volta do grupo: “O primeiro passo foi dado”

Além disso, o solo de maior sucesso do RBD cantado por Dulce, “No Pares”, ainda não foi disponibilizado pelas plataformas digitiais, e promete surpreender ainda mais a cantora, que já se mostra grata com os resultados: “Agora a música que marcou toda uma geração está onde deveria estar há muito tempo, em suas mãos !! É de vocês! Obrigada por todo o seu amor, guerreiros”, escreveu Dulce.

Todos os álbuns que Dulce María, Alfonso, Christian, Anahí, Christopher e Maite publicaram em grupo já estão disponíveis desde 3 de setembro e, como presumimos, foi realmente um rebuliço global, o grupo também estreou no ranking em posição #22.