Durante a pandemia, cantor Ovelha vende frangos para poder se sustentar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor, Ovelha precisou se reinventar durante a pandemia, devido aos shows cancelados. O músico de 65 anos virou empresário em uma frangaria para poder se sustentar.

Ele contou com o apoio do apresentador Ratinho, que o ajudou a abrir seu novo empreendimento.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava conversando com o meu amigo Ratinho que as coisas estavam difíceis com a pandemia e que eu estava pensando em abrir uma frangaria. Ele me perguntou quanto eu precisava e me deu R$10 mil. Ele ainda falou: ‘Te dou esse dinheiro, mas você fica me devendo um show (risos)’. Estou vendendo por semana de 100 a 200 frangos. Quem não quer frango, tem costela também” contou Ovelha à Quem.

Apesar de não ter inaugurado uma loja física, o negócio é administrado por sua esposa, Fátima Braz e outros familiares e funciona via delivery, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Ovelha, que atualmente tem 65 anos e é pai de cinco filhos, confessou que passou por dificuldades durante a pandemia, causada pelo COVID-19, em 2020.

“Quando o lance da pandemia chegou, eu estava com vários shows fechados e uma viagem para a Argentina marcada. Todo mundo parou! Meu último show foi em 15 de fevereiro no ano passado, em um trio elétrico no Carnaval. Depois disso, foram cancelados 28 shows. Hoje o artista não vende mais discos, o ganha pão vem dos shows”, ele contou.

Ele ainda contou como teve que se reinventar. “Então, tem que procurar outros caminhos como a internet. Tive que me reciclar. Comecei a lançar músicas pela internet e fazer lives pagas”, o cantor disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio