Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Divulgação)

O cantor sertanejo Eduardo Costa postou no seu Instagram a foto de um encontro que teve com o presidenciável Jair Bolsonaro na terça-feira (dia 16), no Rio de Janeiro. Eduardo mostrou o seu entusiasmo em apoiar o militar aposentado com uma mensagem elogiando o candidato do PSL.

“Pé no chão, humilde, simples, e o principal, é um cara com boas intenções. O Brasil precisa de um presidente que não ame o poder, que não ame o dinheiro, mas que ame a pátria e o povo. Se eu já votava nesse cara sem conhecer, agora eu saio aqui da casa dele com mais esperança e com mais convicção que tô fazendo o certo. Enfim, está aí, Jair Messias Bolsonaro, o homem que Deus e o Brasil escolheu. Jair Messias Bolsonoro é 17 e pronto. Quem aí tá junto?”.

Já na web o apoio de Eduardo Costa dividiu a opinião dos seus fãs, alguns apoiaram e outros declararam estarem decepcionados com Eduardo Costa. “Não use o nome Deus em vão. Deus jamais iria querer ódio guerra,preconceito para o mundo” escreveu uma seguidora. Já outro seguidor comentou “Não quero que o Brasil vire uma Venezuela! 17 neles”.

Vale lembrar que Jair Bolsonaro foi endossado por um grande número de músicos sertanejos já tendo recebido o apoio de Zezé Di Camargo, Gusttavo Lima, Zé Neto, Leonardo, Zé Felipe e Marrone.

Eleitores de Bolsonaro ameaçam cancelar assinatura da Netflix por causa de Anitta

Outro capítulo para a polêmica em torno do posicionamento de Anitta nestas eleições. Após ceder às pressões dos internautas e publicar uma postagem se opondo à candidatura de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais, a cantora agora vem sendo alvo dos eleitores do ex-deputado do PSL.

VEJA TAMBÉM: Fãs resgatam entrevista de Ivete Sangalo sobre posicionamento político

Num período de 10 dias, vários vídeos da funkeira postados no YouTube, além de ações publicitárias realizadas por ela para algumas marcas, passaram a receber dezenas de “descutidas” na rede social.

Clipes antigos de Anitta passaram a contabilizar números próximos a 50 mil negativações na plataforma de vídeos. Uma campanha estrelada recentemente por Anitta para a operadora de telefonia Claro ganhou 55 mil “descurtidas” em poucos dias.

Já outra postagem que foi alvo dos eleitores de Bolsonaro foi o teaser da série ‘Vai, Anitta’, uma produção da Netflix que será lançada em breve. Nem a assessoria de Anitta, nem representantes da Netflix se manifestaram sobre o assunto. Até o momento o número de likes na propaganda do seriado da funkeira está com 54 mil de views enquanto as “descurtidas” estão em 35 mil.

“Vou boicotar o Netflix por apoiar uma produção dessas, de alguém que está cagando pro futuro do país. Cancelamento efetuado com sucesso” escreveu uma usuária nos comentários do vídeo enquanto outro internauta postou “Cagando para o futuro do país e sendo produzida pela Netflix???? vamos cancelar em massa!”.

VEJA TAMBÉM: Fãs exigem posicionamento político de Ludmilla e mãe da cantora a defende

A coluna do jornalista Ricardo Feltrin, do UOL chegou a publicar uma mensagem que supostamente circulou pelas redes sociais envolvendo a cantora. Confira:

“Galera, esta ideia partiu de outro grupo que participo… Os artistas não podem nos representar, e uma forma de calar eles [sic] a partir de agora é influenciar em suas vidas e contratos que possuem milionários.. Este daqui (segue link) é um vídeo da Anitta da Claro. Fica muito claro que se a gente negativar o vídeo como foi que nos fizeram do Mito a tendência são eles perderem seus contratos com patrocinadores como este daí… Peço que repassem ao máximo para seus grupos de amigos… Vamos buscar mexer na vida deles para perceberem o que passamos. Desafio negativar geral… começando por ela”.

anitta