Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

No último sábado (4), o cantor sertanejo Bruno, da dupla com Marrone, fez uma live com a apresentação da campeã de “A Fazenda 9”, Flávia Viana, e causou polêmica ao oferecer uma bebida para a apresentadora com pretexto de segundas intenções.

A apresentadora do evento logo rejeitou a bebida alcoólica, pois está grávida de seu segundo filho. Visivelmente alterado, o sertanejo disparou: “Você está grávida? Então cheguei tarde! Você conhece o marido, o pai do menino?”. O assédio e o constrangimento da fala causou debate nas redes sociais, onde o público ficou lado de Viana.

Contudo, Eduardo Costa decidiu se posicionar em defesa de seu amigo sertanejo.

“Eu quero dizer para você que eu sou seu amigo, cara. Eu jamais deixaria um amigo, um companheiro meu no meio do caminho. Você é meu irmão, você é o meu parceiro e eu sei que eu o que eu passo por causa disso. Eu sei o que as pessoas falam, infelizmente as pessoas julgam a gente por algumas coisas, parece que a gente é cruel, a gente é sacana. Eu tenho família, tenho mãe, tenho irmã, tenho filha, tenho primas. Sou um caro apaixonado por pessoas, por gente. O Bruno é um Papa cantando, é um Papa como pessoa. Bruno é um excelente ser humano, como todos nós ele também erra e fala besteira”, disse o cantor em um vídeo.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Já Flávia, decidiu se pronunciar em seu perfil no Instagram neste domingo (5), afirmando que ficou constrangida com o assédio público que sofreu. “Sim, foi desconfortável, sim, fiquei constrangida, sim, conheço o pai do meu filho, não, não precisei fazer 15 DNAs para saber quem é o pai, sim, tenho uma filha incrível — de pai diferente — e se querem abordar esse assunto, que seja sem piada, porque não é piada”, declarou a apresentadora.

Já Bruno, decidiu se pronunciar sobre o assunto em seguida de Flávia, pedindo desculpas pelo desconforto causado e dizendo que tudo era apenas uma brincadeira. “A gente não pode falar nada, brincar nada, que as pessoas interpretam pro outro lado, só veem o lado negativo. Eu não falei nada, só brinquei com ela. Desculpa, Flavinha, eu não queria magoar você não, nem sua família ou seu filho”, se desculpou Bruno.

Confira o vídeo em que Eduardo Costa defende as falas de Bruno: