Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Divulgação)

Se não houver nenhum acordo entre as partes, o processo de Fernanda Lima contra o cantor Eduardo Costa poderá demorar anos para ser concluído além de envolver bastante dinheiro. Segundo advogados e representantes dos artistas vêm indicando, dificilmente haverá um entendimento entre Fernanda Lima e Eduardo Costa.

O jornalista Ricardo Feltrin afirmou que a ação que a apresentadora vem movendo contra o cantor – por ele ter lhe chamado de “imbecil” – poderá chegar a R$ 200 mil. Vale ressaltar que o valor de uma indenização em casos do tipo pode variar bastante. 

Uma fonte próxima à apresentadora, comentou ao jornalista que Fernanda Lima não tem qualquer interesse no dinheiro, e que caso ganhe a ação, deverá doar a quantia para instituições beneficentes. O que Fernanda deseja mesmo é defender sua honra, afirmou a pessoa próxima da apresentadora.

VEJA TAMBÉM: “Não vou aceitar mulher com saco” diz Ratinho sobre Pabllo Vittar

Nas últimas semanas, Eduardo Costa, acabou tendo grande repercussão nas redes sociais após criticar publicamente um discurso feminista feito por Fernanda Lima no programa “Amor e Sexo”. 

“Mais de 60 milhões de brasileiros votaram no Bolsonaro e agora essa imbecil com esse discurso de esquerda! Ela pode ter certeza de uma coisa, a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pelo lado mais fraco, e o lado mais fraco hoje é o que ela está. Será que essa senhora só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artistas assim como ela?” afirmou o músico mineiro, na ocasião.

Mesmo com os pedidos de desculpas posteriores do cantor, Fernanda Lima, decidiu entrar com um processo contra o músico citando os crimes de calúnia, injúria e difamação cometidos por Eduardo Costa. A primeira audiência do processo já acontecerá na próxima semana no dia 19 de dezembro, às 14h30, no Rio de Janeiro. 

Na última semana, Eduardo Costa também causou um burburinho nas redes sociais ao criticar a comoção nas redes sociais em torno do cachorro morto com crueldade em São Paulo.