Eduardo Costa
O cantor mineiro Eduardo Costa (FOTO: Reprodução)

Nesta sexta-feira (01), o sertanejo Eduardo Costa ao lado do cantor Leonardo disse se arrepender de falar de política em live, após apoiar por anos o presidente Bolsonaro. Os dois fizeram juntos a Live Cabaré no Youtube. Eduardo relatou que foi muito prejudicado ao ter certas opiniões políticas e que não faria mais isso. 

Costa apoia publicamente o presidente do Brasil desde 2018. Mas, Jair tem sofrido grande pressão da população e da classe artística, com seu posicionamento referente à pandemia do novo coronavírus. De acordo com Eduardo, ele errou nos seus posicionamentos. 

Com mais de 3 milhões de pessoas assistindo a live dos sertanejos no Youtube, Eduardo não poupou palavras em mostrar sua nova postura sobre o assunto.

“Em algum momento da vida eu falei de política, fui polêmico, tive boa intenção. Quero pedir perdão a todas as pessoas que me interpretaram mal, sei que me excedi. Perdão se fui ofensivo em algum momento. Eu errei, me arrependo profundamente”, disse o cantor ao falar sobre o tema. 

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

“Jamais vou falar disso de novo na vida, a não ser para ajudar o povo do brasileiro.”, disse o cantor, que não se apresentava ao lado de Leonardo, justamente, desde 2018, quando ocorreram as eleições presidenciais.

“Nessa hora (a pandemia do coronavírus) não existe direita nem esquerda, nessa hora só existe o povo brasileiro salvando o povo brasileiro”, afirmou Eduardo Costa.

Nos momentos finais da transmissão, ele voltou ao tema: “Eu não vou falar de política, mas quero agradecer ao presidente Jair Bolsonaro pelo que está fazendo pelo Brasil, agradecer aos senadores…”.