ELBA RAMALHO
A cantora baiana Elba Ramalho (Foto / Reprodução)

Elba Ramalho está se sentindo no olho do furacão depois que a polícia interrompeu uma festa clandestina em sua mansão em Trancoso, na Bahia, na última terça-feira (29). O imóvel estava alugado pelo empresário Guilherme Souza e a paraibana alega que não sabia sobre o evento e não pode ser responsabilizada.

Na manhã desta quinta-feira (31), a artista publicou uma série de Stories no Instagram em que ameaça levar o caso para a Justiça: “Estou entrando com ação judicial contra todas as pessoas que estão fazendo isso comigo”, diz Elba.

Foto: Reprodução/Instagram

“Bom, tudo já foi esclarecido, a verdade já apareceu. As pessoas já sabem, mas continuam republicando fake news. Fazendo montagens bem ruins e maldosas para me comprometer. Eu estou pedindo a essas pessoas que elas se retratem. E elas continuam insistindo no erro e na mentira”, desabafou.

VEJA MAIS: Outro membro dos Beatles quase morreu assassinado por um maluco

O evento na casa de Elba tinha cerca de 500, que pagaram ingresso para entrar na festa. “O mais interessante é que os famosos e as famosas que estavam na tal festa não sofreram nada. Ficaram quietinhas. Ninguém disse nada. Eu, que não estava na festa, estou sendo apedrejada. O mundo é assim mesmo: é cruel. A maledicência, a maldade humana não tem limite”, continuou.

A artista terminou a mensagem com votos de feliz Ano Novo para seus fãs: “Desejo Feliz Ano Novo, que 2021 renove nossas energias, nossa alegria e nossa dignidade”, completou Elba Ramalho.