(FOTO: Reprodução)

A cantora norte-americana Demi Lovato continua recebendo o apoio de famosos desde que teve que ser hospitalizada por causa de uma suposta overdose. Agora que a cantora saiu do hospital, uma das primeiras personalidades a apoiarem a cantora, a apresentadora Ellen DeGeneres mais uma vez fez uma declaração mantendo seu apoio a Demi Lovato.

Segundo informações do site da revista OK!, Ellen chegou a convidar Demi Lovato para passar um tempo com ela e sua esposa Portia de Rossi.

VEJA TAMBÉM: Pink recebe alta do hospital e manda recado para os paparazzi

Ellen disse para Demi que sua casa de praia [em Santa Barbara, Califórnia] é sua sempre que ela quiser. É perto da natureza e o lugar pefeito para escapar das pressões deHollywood. Ellen e Portia também estenderam o convite para que Demi fique com elas na casa de Los Angeles”, afirmou o site.

Demi Lovato foi internada no dia 24 de julho por conta de uma overdose misteriosa. A artista permaneceu mais de uma semana internada e logo antes de sair, publicou uma carta aberta aos fãs sugerindo que entraria novamente em uma clínica de reabilitação. Nesta semana, a turnê que a cantora realizaria na América Latina foi cancelada.

Mãe de Demi Lovato troca número de celular da filha e pede permanência mínima em rehab

A cantora norte-americana Demi Lovato cancelou os shows da turnê “Tell Me You Love Me” que seriam realizados na América do Sul, incluindo apresentações no Brasil. O anúncio foi dado pela empresa argentina que levaria os shows da cantora para Buenos Aires. Aqui no Brasil, a Live Nation também já fez um comunicado. “O reembolso dos ingressos para a parte brasileira da turnê estará disponível a partir do dia 15 de agosto”, informou a assessoria da empresa ao site POPline.

Os eventos aconteceriam em oito cidades de México, Chile, Argentina e Brasil a partir de 20 de setembro. Por aqui a turnê passaria por São Paulo (19 de novembro), Rio de Janeiro (21 de novembro), Recife (24 de novembro) e Fortaleza (27 de novembro).

Neste domingo (dia 5), a cantora de 25 anos falou pela primeira vez sobre o incidente que culminou na sua internação em um hospital de Los Angeles por suspeita de overdose. “Eu sempre fui transparente sobre a minha jornada com o vício”, afirmou.

“O que aprendi é que essa doença não é algo que desaparece ou se desfaz com o tempo. É algo que eu preciso continuar superando, o que ainda não fiz” afirmou.

De acordo com o TMZ, que divulgou em primeira mão a notícia de internação da cantora, Demi Lovato já teria deixado o hospital Cedars-Sinai Medical Center, em Los Angeles, no último sábado (dia 04), sendo levada direto para uma clínica de reabilitação.

A clínica de reabilitação em que Demi Lovato se encontra não fica na Califórnia e é considerada uma dos melhores instituições norte-americanas para tratamento de viciados em drogas.

O período de tratamento da cantora, de acordo com o TMZ, será de no mínimo 30 dias. Da primeira vez em que foi internada quando tinha 18 anos, a cantora permaneceu cerca de três meses numa clínica de reabilitação.