Elvis Presley ou Michael Jackson: quem lucrou mais após morrer?

Apesar do sucesso em vida, qual dos dois artistas teve um lucro maior após a morte?

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elvis Presley e Michael Jackson foram duas estrelas e marcaram a indústria musical com sua presença. Mas ambos, tiveram trágicas mortes.

Elvis morreu em 1977, devido a uma parada cardíaca por uso excessivo de remédios, já Michael morreu em 2009, por problemas com medicamentos. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os músicos foram responsáveis pelo lançamento de 32 álbuns em estúdio, 8 discos ao vivo e 191 coletâneas.

Isso resultou em 224 certificações por discos de ouro, platina e diamante, segundo informações da Associação Americana da Indústria de Gravação (RIAA).

Porém, ambos artistas tiveram um imenso lucro após a morte. Mas, quem foi o artista que lucrou mais?

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Em junho de 2009, quando Michael Jackson faleceu, ele tinha uma agenda com 50 concertos e também esgotados, com sua turnê de despedida “This Is It”.

Segundo informações do G1, o cantor estava com problemas de hipoteca, e outros fundos que davam muito prejuízo. E a turnê, seria a salvação de Michael.

A principal fonte de renda é dos investimentos feitos pelo músico em vida na ATV Music, além de direitos autorais de sucessos dos Beatles e claro, suas próprias músicas. 

Segundo a Rolling Stone, o ganho do artista, em 2018, de acordo com a Forbes foi de 400 milhões de dólares, ou seja, 2 bilhões. 

Segundo dados do portal The Blast, com informações de 2020, onde mostravam que com a diminuição de custo de vida da sua família e também o crescimento no interesse das obras de Michael, resultaram em cerca de 2 bilhões de dólares.

Já Elvis Presley, quando faleceu, tinha uma situação financeira estável, já que mantinha sua luxuosa mansão, Graceland.

Ela ainda se tornou de grande fonte de renda para a família do músico, que é um ponto famoso de visitação.

Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

Graceland tem o título de segundo lugar mais visitado nos Estados Unidos, ainda teve uma filial licenciada na Dinamarca, e rendeu em 2019 cerca de 39 milhões de dólares, ou seja, R$221 milhões, conforme divulgado pelo Express.

Um jornal britânico, ainda revelou que o músico ainda em vida fechou um contrato com a gravadora RCA por 5,4 milhões de dólares em 1973. E hoje, com a correção da inflação, seria entre 31 milhões de dólares.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio