Elvis Presley teria sido fotografado em restaurante muitos anos após sua morte

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao que tudo indica, Elvis Presley teria morrido em 1977. Mas, os fãs mais devotos se recusam a acreditar que o Rei do Rock realmente deixou este mundo.

Elvis foi o artista mais famoso do planeta nos anos 60 e 70. O cantor e compositor morreu de parada cardíaca em sua mansão em Graceland, Memphis. No momento de seu falecimento, sua noiva Ginger Alden e sua filha Lisa Marie Presley estavam em casa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, apesar das testemunhas e do gigante funeral ao qual milhares de pessoas compareceram, muitos acreditam que ele está vivo.

O visual marcante de Elvis faziam ele se destacar em qualquer multidão e, cansado de toda a atenção. o Rei do Rock teria fingido a sua morte.

Ao longo dos anos, muitas pessoas alegaram ter avistado Elvis. A última vez foi em um documentário televisivo de 1992, no qual uma testemunha ocular alega que um homem muito parecido com o Rei estava sentado em um restaurante comendo uma refeição.

O fato de que o homem estava rodeado por guarda-costas deixou tudo ainda mais suspeito.

A testemunha, Kelly, estava tão ansiosa para provar que era realmente Elvis que correu para casa para pegar a sua máquina fotográfica. Quando retornou, tirou algumas fotos do homem que parecia o Elvis Presley, fazendo com que os guarda-costas corressem atrás dela para evitar que mais fotografias fossem tiradas.

Kelly disse no documentário: “Quando tirei a minha primeira fotografia, o disparo surpreendeu ele”.

VEJA MAIS: Bissexual? Jornalista sugere que Luan Santana terminou noivado por querer “sair do armário”

“O guarda-costas correu na minha direção, e então ele correu, agarrou suas coisas da mesa, e depois começaram a fugir pelas portas dos fundos.”

“Pensei, talvez consiga tirar mais umas boas fotografias”.

Kelly ainda acrescentou: “É muito estranho, se não era o Elvis, então por que ele se levantou com pressa depois?

“Tirei uma fotografia [acima], e de fato, o guarda-costas veio na minha direção para me impedir de dar outro clique. Nunca imaginei que isso fosse acontecer”.

Kelly não voltou a ver o Rei, mas se era realmente ele, as fotografias provariam que estava vivo em 1992, 15 anos após a sua suposta morte.

Será que essa foi a primeira prova de que o Rei tinha forjado a sua morte?

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio