marilia
A cantora goiana Marilia Mendonça (FOTO: Reprodução)

Mesmo Marília Mendonça sendo uma das artistas que mais ganhou dinheiro no ano passado, a artista vem sentindo de maneira forte a crise no orçamento com a paralisação dos shows. A cantora que chegou a ganhar R$ 150 milhões somente no ano passado, foi forçada a demitir dezenas de funcionários. As informações foram divulgadas pelo programa A Tarde É Sua da Rede TV.

Os detalhes da demissão de sua equipe envolvem o fato de no ano passado Marília Mendonça acabar engravidando. Segundo o programa, no período dos 4 meses de licença em casa, ela conversou com toda a equipe, de mais de 30 pessoas e afirmou que daria uma ajuda de custo durante esta fase por causa de sua maternidade. Essa ajuda de custo, segundo a fonte da notícia do programa, teria sido de R$ 2 mil.

Sendo assim, a goiana arcou com pelo menos R$ 60 mil por mês para manter sua equipe fora dos palcos durante sua licença maternidade. Porém, a situação foi completamente diferente a partir da pandemia do novo coronavírus. Segundo informações do jornalista Felipeh Campos do programa apresentado por Sônia Abrão, Marília Mendonça teria causado polêmica ao se ver forçada a demitir mais de 30 funcionários. Muitos se perguntaram o motivo de no ano anterior, quando Marília teve que ficar 4 meses de licença maternidade, ela decidiu custear todos seus funcionários e agora ter sido diferente.

A fase de pandemia, tem sido de vacas magras para a maior parte da classe artística musical na verdade. Os poucos que faturam muito com lives, não chegam nem perto dos montantes de cachês altíssimos que recebiam mensalmente antes da pandemia. Em média os músicos ganhavam R$ 400 mil por show e as casas de eventos não estão abertas e muitas ainda nem possuem data de previsão para retorno.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

A situação fica ainda mais complicada já que o nome de Marília foi confirmado na última semana no Festival de Barretos 2020 com previsão de ser realizado em outubro. O evento ainda não especificou quais medidas especiais irá adotar para impedir a disseminação do vírus entre os seus frequentadores. Entramos em contato com a equipe da cantora e até o momento, a assessoria não se pronunciou a respeito do assunto. Se assim o fizer, esta nota será atualizada.

BRASIL NA PANDEMIA

O Brasil completou na última quinta-feira 100 dias desde que registrou o primeiro caso de coronavírus, confirmado pelo Ministério da Saúde em 26 de fevereiro. Diferentemente dos demais países que ocupam hoje o top-10 no número de infectados, os brasileiros são os únicos que mantiveram a evolução progressiva depois de 50 dias. Sendo assim o Brasil completou 100 dias com a maior curva ascendente no mundo.