O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Matthew Rolston)

Mesmo morto, Michael Jackson ainda é o centro de várias polêmicas – muitas delas envolvendo seu carinho por crianças.

Em uma rara entrevista, o cantor explicou o motivo pelo qual recebia elas em seu rancho: “Quando eu era pequenas estrelas como Sammy Davis, Fred Estair, Gene Kelly – se eu admirasse algo que eles usavam e dissesse ‘Uau, adoro essa camisa que você está vestindo’, eles me dariam. Foi isso que me ensinaram”.

“Acho que já viajei o mundo mais de oito vezes. E eu visito tantos hospitais e orfanatos quanto possível – mas eu não faço isso para aparecer”, contou o artista.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry se joga no universo dos gamers no videoclipe de “Smile”

“Eu faço isso por causa do meu coração. Há muitas crianças nas cidades que nunca viram montanhas, que não andaram de carrossel, que não acariciaram um cavalo ou uma lhama”, continuou.

Ele ainda acrescentou: “[Quando faço isso] Sinto que ganhei o sorriso de aprovação de Deus. Porque estou fazendo algo que está levando alegria e felicidade para outras pessoas”.

Neverland (FOTO: Reprodução)

O artista ainda completou em outra entrevista: “Eu realmente acho que [sua generosidade] vem de minha mãe e de Deus. A maneira como fomos criados, os valores que meu pai nos introduziu”.

“Ela [sua mãe] sempre estava lá com a Bíblia nos ensinando. Nós íamos ao serviço o tempo todo”.

Vale lembrar que Michael Jackson já compôs uma música contra o abuso infantil, e contou em entrevista qual mensagem queria passar: “É sobre crianças criadas em uma família destruída, onde o pai chega em casa bêbado, a mãe se prostitui e as crianças fogem de casa. Então elas se tornam vítimas de estupro, prostituição”.