A cantora paulistana Rita Lee (FOTO: Reprodução)

Rita Lee e Roberto de Carvalho são um dos casais mais famosos da indústria musical brasileira. O casal que está junto tem mais de 40 anos foi contra os padrões da época onde relacionamentos monogâmicos eram mal vistos pelos colegas do meio artístico e se mantiveram juntos por quase meia década.

Em entrevista exclusiva para o Estadão, os dois deram detalhes do relacionamento em um papo inédito e sensacional. A entrevista foi separada em duas partes onde um perguntou para o outro. 

Rita Lee sobre o hit 'Baila Comigo': 'Um sopro de uma entidade indígena' |  VEJA
(Foto: Reprodução)

Rita Lee começou a entrevista sem deixar para trás a sua sinceridade, um dos traços mais marcante da cantora, perguntando como ele “a aguenta”:

“Como você me aguenta há 44 anos? Confissão: Sou uma mulher esquisita, ex-presidiária, ex-AA (Alcoólicos Anônimos), ex-NA (Narcóticos Anônimos), não sei cozinhar, sou cinco anos mais velha, sem peito, sem bunda e fumante.”

E o apaixonado Roberto de Carvalho respondeu:

“Sou teleguiado pela paixonite há 44 anos, espero que tenhamos pelo menos mais 44 anos pela frente. Só consigo visualizar a antítese do que está nesta confissão. Quando você se declara esquisita, vejo original e genial. […] Tenho Vênus em Capricórnio, que sempre vai me ajudar a relevar essa sua Lua em Virgem que vejo se manifestando aí na confissão.”


Quando Rita Lee lhe perguntou quais eram pianista e guitarristas brasileiro favoritos, Roberto de Carvalho não deixou de lembrar do filho Beto Lee, que entrou para os Titãs em 2016.

“Guitarrista, são muitos os que adoro, mas muitos são meus amigos, daí fica complicado fazer essa escolha de Sofia, sendo assim, fico com nosso filho Beto.”

VEJA TAMBÉM: Ex-namorada de Elvis Presley revela detalhe estranho dos pés do artista

Roberto de Carvalho começou sua entrevista perguntando a Rita Lee sobre o porquê da raça humana não conseguir captar a divindade dos animais. 

“Pela ignorância espiritual dos humanos em se considerarem arrogantemente como a única imagem e semelhança de um deus que eles mesmos inventaram, se achando superiores aos reinos mineral, vegetal e animal. A defesa da causa animal é a luta contra a nova escravidão.” Declarou a cantora que é vegetariana e luta pelos direitos dos animais.

A cantora também falou sobre como a música lhe deu a oportunidade de levar alegria e divertimento, fazendo as pessoas esquecerem de seu problemas. “É o tal do prazer em ter prazer comigo.”, declarou.

Confira a entrevista completa clicando aqui.