Em meio a acusações de abuso, músicas de Marilyn Manson bombam no streaming

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No começo de fevereiro, a atriz Evan Rachel Wood chocou o mundo ao acusar o ex-noivo, o músico Marilyn Manson, de “abusar horrivelmente dela” entre os anos de 2006 e 2010, época em que os dois se relacionavam.

As acusações trouxeram consequências para a carreira do cantor: foi demitido da gravadora e excluído de duas séries. Mas, curiosamente, a procura por suas músicas aumentou nas plataformas de streaming.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marilyn Manson e a atriz Evan Rachel Wood (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

De acordo com informações da Billboard, veiculadas pelo site Blabbermouth, na semana em que a atriz fez as alegações, as músicas de Marilyn receberam 6 milhões de reproduções nas plataformas de streaming. Isso representa um crescimento de 7% em relação ao número da semana anterior.

A publicação ainda revela que a venda de suas músicas no formato digital tiveram um aumento de 40%, totalizando 2.000 cópias digitais.

No entanto, a música “Don’t Chase The Dead” saiu do top 40 da parada “Mainstream Rock Airplay”, que mostra as músicas mais tocadas nas rádios dos Estados Unidos. A faixa, presente no último álbum de estúdio de Marilyn Manson, estava há 12 semanas no top 40.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio