Britney Spears é uma cantora, compositora e ícone da cultura pop que alcançou a fama no final dos anos noventa.

Mas em 2008, a artista foi colocada sob uma tutela que afirmava que a cantora não podia se responsabilizar pela própria vida por conta de problemas mentais.

Esse bloqueio faz com que a artista supostamente não tenha controle sobre seu próprio dinheiro, além de não poder votar, namorar, engravidar, mexer no celular ou se apresentar sem a permissão e supervisão de seu pai.

VEJA TAMBÉM: Alicia Keys faz revelações bombásticas sobre Beyoncé e Christina Aguilera

Após ser provado por meio de documentos entregues à Justiça que a Princesa do Pop não tem qualquer tipo de problema mental, os fãs iniciaram a campanha #FreeBritney, para que a cantora consiga sair dessa tutela abusiva.

Nesta terça-feira (29) o nome de Britney Spears foi parar entre os assuntos mais comentados na web após uma publicação suspeita em seu Instagram.

A lenda da música postou uma série de fotos em sua rede social, mas um detalhe chamou atenção: a foto já havia sido postada diversas vezes anteriormente.

Isso levou os admiradores a crer que a artista não está usando seu próprio Instagram e alguém da equipe mantém a rede ativa por meio de fotos antigas para não levantar suspeitas.

Os fãs comentam: “O ano é 2032 e “Britney” ainda está postando 3 das mesmas fotos dela mesma com essa exata roupa, com exatamente o mesmo cabelo e a mesma expressão facial. Eu realmente espero que ela esteja bem”; “Por que vocês não tem nenhuma foto atual dela?”; “DEFINITIVAMENTE não é ela postando essas fotos”; “Britney, por favor, vá ao vivo e nos mostre que você não está em perigo”.

Hashtags de “FreeBritney” pedindo a liberdade da loira pode ser encontrado por todo Instagram e Twitter.

View this post on Instagram

First pic is the original 🌹🌹🌹!!!

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on